Autoconfiança: importância no trabalho e 10 dicas para desenvolvê-la

A autoconfiança é, sem dúvida, uma das principais qualidades de um profissional de sucesso. Aliás, ela é importante não só para a vida profissional, mas para bons resultados na vida como um todo. Você é autoconfiante? Sabe o que é exatamente ter autoconfiança? Quer estimular esta qualidade em você? Para saber mais sobre o que é ter autoconfiança, qual sua relevância na vida profissional e como estimulá-la, acompanhe a leitura deste artigo até o final. Boa leitura!

O que é autoconfiança?

Ter autoconfiança é, como a palavra já diz, confiar em si mesmo; acreditar que é capaz de realizar algo. Uma pessoa autoconfiante tem outras qualidades como consequência, e que em conjunto são poderosas para o sucesso, como a tranquilidade, a eloquência e serenidade. A pessoa autoconfiante não depende que os outros reafirmem suas ações, ela sabe reconhecer suas competências.

Quando muito pequenas, as crianças vão conquistando a autoconfiança pela criação que tem de seus pais. Assim, a criança se arrisca e conquista uma série de habilidades, fundamentais para seu desenvolvimento: engatinhar, andar, falar, etc. Com o passar do tempo, conforme vamos crescendo, algumas pessoas se desenvolvem com uma autoconfiança fortalecida, e outras pessoas perdem ou deixam de desenvolver esta qualidade.

Isto pode ocorrer após uma experiência negativa que a pessoa tenha permitido ser uma limitação para ela. Mas a vida é cheia de experiências negativas, assim como positivas, e deixar que o que deu errado domine nossas vidas acaba sendo um bloqueio para o sucesso em diferentes âmbitos da vida, inclusive a profissional.

A falta de autoconfiança pode interferir em aspectos da vida pessoal, como falar uma outra língua, dirigir, nadar, andar de bicicleta; da vida amorosa, por não se arriscar a conhecer pessoas novas ou acreditar que a outra pessoa é boa demais para você; ou na vida profissional, achando que nunca conseguirá aquele cargo de liderança desejado, por exemplo.

Qual a influência no trabalho?

A autoconfiança é uma qualidade presente em profissionais bem-sucedidos. Com autoconfiança, o profissional elimina barreiras por vezes criadas por nós mesmos e consegue usufruir de todo seu potencial. Assim, o profissional autoconfiante se destaca, pois ele acredita que pode alcançar seus objetivos, encontrando meios para tal. Isso não significa que não haverá dificuldades no caminho, mas a diferença é que o profissional autoconfiante não se deixa estagnar pelos desafios.

Se você acredita que não seja uma pessoa com a autoconfiança necessária, não se preocupe. A autoconfiança pode ser exercitada e alcançada. Confira a seguir as dicas de como aumentá-la.

Como aumentar a autoconfiança

A quem não se considera autoconfiante, a boa notícia é que nunca é tarde para mudar. Nós estamos em constante transformação, não só física, mas também emocional e de personalidade. Todas as experiências vividas deixam marcas que nos transformam. Mas cabe a nós também buscarmos estímulos para que estas transformações sejam positivas. Por isso, siga as dez dicas a seguir para se tornar uma pessoa mais autoconfiante no trabalho e na vida como um todo.

veja também:
Turnover: o que é, causas e como reduzir na sua empresa

1. Aparência

Uma forma poderosa de melhorar a autoconfiança é cuidar de sua aparência. A autoconfiança é um estado que vem de dentro para fora, mas quando ela é ausente, o caminho contrário pode ser um bom pontapé inicial. Nossa aparência é nosso cartão de visitas, e uma boa apresentação pode transformar a forma como os outros te veem.

Isto não significa que você precisa deixar sua personalidade de lado, nem mesmo que você deva gastar muito dinheiro com roupas caras. Uma boa higiene pessoal, cabelo arrumado, uma roupa limpa e bem passada, olhar no espelho e sentir-se elegante já garantirão resultados poderosos.

2. Trabalhe sua autoestima

Ter uma boa autoestima quer dizer amar a si mesmo e reconhecer suas qualidades. Por isso, a autoestima está totalmente ligada à autoconfiança. Quem reconhece suas qualidades acredita em sua capacidade de alcançar o que deseja. E autoestima não diz respeito apenas à aparência, como muitos  podem pensar. Amar-se significa apreciar todos os seus traços, físicos e também de personalidade. Uma pessoa com uma boa autoestima não será abalada por críticas destrutivas, pois acredita em seu potencial.

3. Faça conexões

Uma forma de estimular sua autoconfiança é criar conexões no trabalho. Isto significa buscar ter uma relação amigável, saudável com seus colegas de trabalho, que permita-se conhecer os outros e também que eles te conheçam. E, melhor ainda, preserve vínculos com aquelas pessoas que te colocam para cima, aquelas que reconhecem suas qualidades. A negatividade está presente no mundo, inclusive no ambiente profissional, e dar ouvidos apenas ao que é ruim, muitas vezes, é o que causa a auto sabotagem, o contrário da autoconfiança.

É interessante também compartilhar suas conquistas com as pessoas que as celebrem com você. Quando você estiver desanimado, estas pessoas poderão ajudá-lo a se recuperar, estimulando assim sua autoconfiança.

4. Cuidado com o que fala

Outro ponto importante para desenvolver a autoconfiança no ambiente de trabalho é pensar antes de falar. Este comportamento o auxilia na não se precipitar, a não ser mal interpretado e a não se arrepender depois.

Além de tomar cuidado ao falar, outro ponto a favor da autoconfiança é a prática de sua oratória. Uma pessoa bem articulada expressa maior confiança, o que fortalece sua autoconfiança, em uma “bola de neve” positiva.

5. Mantenha-se atualizado

Ser autoconfiante não quer dizer achar que sabe de tudo, pelo contrário. Um profissional autoconfiante tem ciência que precisa se manter bem informado, acompanhando as mudanças do mundo, de seu meio profissional e reciclando seus aprendizados.

veja também:
Missão, visão e valores: o que são e como afetam o seu trabalho na empresa

6. Tome iniciativa

Uma pessoa autoconfiante toma iniciativa. Por isso, arrisque-se, saia de sua zona de conforto. Deixar-se ser barrado pelo medo só o afastará mais da autoconfiança.

7. Compare-se a si mesmo

Um grande sabotador da autoconfiança é comparar-se aos outros. Questionar-se porque o colega foi promovido e você não, porque aquela vaga de emprego foi conquistada pelo outro candidato e não por você. Cada indivíduo é único e possui sua história de vida. Por isso, aprenda a comparar-se a si mesmo. Olhar para suas evoluções, aprendizados, e reconheça-os como mérito seu.

Uma boa dica é praticar algum esporte ou atividade física. Além dos benefícios para a saúde física e emocional, no esporte é possível notar suas superações e aumentar sua autoconfiança.

8. Foque em benefícios

Quando o caminho para alcançar uma meta parecer muito duro, foque no benefício a ser alcançado ao final. Isso o motivará a continuar seguindo.

9. Celebre as conquistas

Se o objetivo parecer muito longe, divida-o em metas curtas e celebre cada conquista. E não não busque a perfeição, e sim o melhor que pode fazer.

10. Ressignifique

Ressignificar é olhar para uma situação de forma diferente. Ao invés de olhar para algo que não deu certo como um fracasso, olhe como um desafio a ser superado. Como disse, Thomas Edison, “Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez.” Não deixe que os erros sejam o fim do caminho para você, continue tentando. E estimule olhar o lado positivo das coisas, ao invés do negativo.

Exercite sua autoconfiança

Aqui, você conheceu diferentes dicas de como ser mais autoconfiante. Todas estão interligadas, e uma ajudará a chegar à outra. Comece a exercitar sua autoconfiança agora mesmo. Espero que este conteúdo tenha sido útil para você. Caso ele tenha o ajudado, compartilhe-o em suas redes sociais! Acompanhe-nos para novidades e dicas como estas. Até a próxima e sucesso!