Carreira militar: saiba como ingressar e veja outras dicas

A carreira militar é uma das mais promissoras do momento e possui processos seletivos bem concorridos. Portanto, se você deseja seguir esse rumo, saiba que existem diversos meios de ingressar na área. Acompanhe em nosso post todos os detalhes!

O que é a carreira militar?

Para quem deseja ingressar na carreira militar precisa entender o que é ser militar. Pois bem, saiba que o militar é uma pessoa que pertence a uma organização e é autorizado a usar a força em seu trabalho.

O militar trabalha diretamente para as Forças Armadas que é constituída pelo Exército, Marinha e Aeronáutica. O objetivo dessas organizações é manter a segurança, a ordem e a soberania do país.

Todo país precisa ter as Forças Armadas preparadas para as situações de guerra que podem ocorrer no mundo e em determinadas missões que são convocados a participar tanto no país quanto no exterior.

Os indivíduos que se dedicam a trabalhar nas Forças Armadas passam por funções internas para construir uma carreira militar. Mas para participar de cada etapa da carreira militar é necessário atender alguns pré-requisitos e em alguns casos precisa participar de concursos.

A carreira militar proporciona estabilidade para quem atua na área, além de possibilitar que o indivíduo cresça profissionalmente, garantindo aumento de salário. Além disso, a aposentadoria do militar é paga de forma integral.

Por conta disso, o ramo se tornou muito promissor. Contudo, a carreira exige bastante do profissional que precisa manter alguns princípios que envolvem a ética, honra e ordem, além de estar com a vida exposta.

Como ingressar na carreira militar?

Força aérea brasileira

Colégios e Academias Específicas foram criados para fazer a formação de pessoas que desejam ingressar e seguir a carreira militar. Mas é necessário participar de processos seletivos e atender aos requisitos para fazer parte dessas instituições.

Quem deseja ingressar na carreira militar pode fazer isso ainda estudando o ensino médio, fazendo da parte das Escolas Preparatórios. Para os que concluíram o ensino médio, existe a possibilidade de entrar nas Academias de Formação de Oficiais.

Se a intenção é fazer uma formação na área da Engenharia focando na carreira militar, existem algumas instituições de ensino que oferecem esse tipo de graduação. Entenda como funcionam as diferentes formas de ingressar na carreira militar.

Escolas Preparatórias

As Escolas Preparatórias foram criadas para formar militares que ainda não concluíram o ensino médio e está no nível 1 da carreira militar. Na instituição o aluno estuda para concluir o ensino médio enquanto se prepara para a carreira militar assumindo a posição de Cadete.

Existe uma Escola Preparatória específica para cada força militar que é formada pelo Exército, Marinha e Aeronáutica. Entenda como é organizada cada uma delas para saber qual escolher para ingressar.

Colégios Navais

Os Colégios Navais são Escolas Preparatórias para quem deseja ingressar na carreira militar da força armada da Marinha.

Escolas Preparatórias de Cadetes do Exército ― ESPCex

As ESPCex são Escolas Preparatórias para quem deseja ingressar na carreira militar da força armada do Exército.

Escolas Preparatórias de Cadetes do Ar ― Epcar

As Epcar são Escolas Preparatórias para quem deseja ingressar na carreira militar da força armada da Aeronáutica.

As escolas militares são consideradas de ótima qualidade de ensino, oferecem um treinamento militar básico e ainda proporcionam atividades físicas que envolvem esportes como natação, vôlei, basquete, futebol e outras opções.

Por conta dessa estrutura, as vagas ofertadas são sempre muito disputadas por pais e alunos que desejam concluir o ensino médio nessas Escolas Preparatórias. Após concluir o ensino médio, o aluno que desejar seguir carreira militar pode solicitar admissão em uma Academia Militar.

veja também:
Relações interpessoais no trabalho: qual a importância e como melhorar

Academias Militares

Após concluir o ensino médio, o aluno da Escola Preparatória pode ser admitido em uma Academia Militar para ascender ao nível 2 da carreira militar. Mas as vagas são abertas também para estudantes de outras instituições.

A formação na Academia Militar é na área técnica, possibilitando que o aluno tenha uma profissão no final do curso, além de receber o título de Oficial Militar. Veja como estão organizadas as Academias Militares.

Escolas Navais

As Escolas Navais são consideradas as Academias Militares para quem deseja seguir carreira militar na força armada da Marinha.

Academia da Força Aérea ― AFA

A AFA é considerada a Academia Militar para quem deseja seguir carreira militar na força armada da Aeronáutica.

Academia Militar das Agulhas Negras ― AMAN

A AMAN é considerada a Academia Militar para quem deseja seguir carreira militar na força armada do Exército.

Academias Estaduais da Polícia Militar

As Academias Estaduais são consideradas as Academias Militares para quem deseja seguir carreira militar na Polícia Militar.

As Academias Militares possuem um excelente ensino na área técnica e o curso dura em torno de quatro anos. Durante esse período, o aluno passa a semana inteira na instituição no regime de internato, mas tem a possibilidade de ir para casa aos finais de semana e feriados.

Todos os custos com alimentação, vestuário, assistência médica e alimentação ficam por conta da Academia Militar. O aluno ainda recebe uma remuneração chamada soldo que é disponibilizada por todo o período do curso.

Graduação

Para os que desejam fazer uma graduação na área da Engenharia em uma instituição de ensino militar, O IME e o ITA oferecem a formação de nível 3 que dá prosseguimento a carreira militar.

O processo seletivo que possibilita o ingresso nessas instituições é muito concorrido, sendo necessário realizar provas parecidas com o exame do Enem. Além disso, são exigidos exames médicos e avaliações físicas para verificar o condicionamento físico do candidato.

Depois de aprovado, o aluno passa a estudar na instituição em regime de internato, tendo direito a vestuário, alojamento, alimentação e assistência médica de forma gratuita. Além disso, o estudante recebe uma boa remuneração por todo o período.

Se o aluno não vem de uma Escola Preparatória ou Academia Militar, ele deve receber a instrução militar básica durante a graduação. Confira como são as principais instituições de ensino superior.

Instituto Militar de Engenharia ― IME

O Instituto Militar de Engenharia ― IME é a instituição de Ensino Superior de Engenharia da Força Armada pertencente ao Exército. Anteriormente, o Exército disponibilizava duas instituições que eram chamadas de Escola Técnica do Exército e Instituto Militar de Tecnologia.

Mas em 1959, o Exército fez a fusão das duas instituições e criou o IME, se tornando a terceira escola de Engenharia mais antiga da Era Moderna. A Escola Superior de Engenharia aceita tanto alunos que vieram de Escolas Preparatórias e Academias Militares quanto estudantes do ensino médio normal.

A instituição é uma das mais concorridas da área e oferece diversos cursos de formação superior. O ensino é de extrema qualidade, tanto é que o IME se tornou referência mundial para os que desejam se formar em Engenharia.

Durante o período do curso, o aluno tem a possibilidade de participar de diversas atividades militares e esportivas, sendo uma excelente oportunidade de construir carreira militar. Após a formação, o estudante tem a possibilidade de atingir o posto de General de Divisão de Engenharia.

Os cursos de graduação podem ser concluídos no período de cinco anos, mas a instituição também oferece cursos de Pós-Graduação e Especializações. Veja quais sãos os cursos do IME.

  • Engenharia Cartográfica;
  • Engenharia da Computação;
  • Engenharia de Fortificações;
  • Engenharia de Comunicações;
  • Engenharia Elétrica;
  • Engenharia Eletrônica;
  • Engenharia Mecânica de Automóveis;
  • Engenharia Mecânica de Armamentos;
  • Engenharia Metalúrgica;
  • Engenharia Química.
veja também:
60 frases de motivação curtas para não desistir de seu objetivo

Instituto de Tecnologia de Aeronáutica ― ITA

O Instituto de Tecnologia da Aeronáutica ― ITA – surgiu de uma fusão de várias instituições de ensino na área da Engenharia. O ITA foi criado com o objetivo de unificar as escolas e organizar a estrutura para proporcionar uma carreira militar mais focada.

Na área de construções de aviões, o ITA se tornou referência para aqueles que desejam se formar como projetistas. O processo seletivo para ingressar na instituição é bem concorrido e conta com provas e exames físicos.

Depois de aprovado, o aluno passa por duas etapas. Na primeira fase do curso, o conteúdo é totalmente básico, com assuntos gerais da Engenharia. Durante esse período o estudante tem direito ao treinamento militar, participa de atividades esportivas básicas e ainda recebe uma remuneração baseada no salário mínimo.

Quando o aluno entra no segundo ano do curso, precisa escolher entre seguir o curso como civil ou dar prosseguimento a carreira militar dentro da instituição. Contudo, o curso de Engenharia não sofre alteração em qualquer das opções.

Mas o aluno que optar pela carreira militar terá atividades extras e receberá instruções relacionadas com a área. Entre as atividades estão aulas de luta, tiro e exercícios físicos pesados.

Depois de formado, o aluno que optou pela carreira militar recebe o título de Primeiro-Tenente Engenheiro, além do diploma de Engenharia e pode alcançar o posto de Major-Brigadeiro.

Para os que optaram em seguir como civil deve continuar a estudar normalmente as disciplinas, sem ter a necessidade de participar de atividades físicas e militares. Na conclusão do curso, receberá o diploma de Engenheiro.

Após a formação, os que optaram em seguir carreira militar podem trabalhar como engenheiro na Aeronáutica. A atividade envolve a manutenção de aviões, bombardeiros e caças, além de realização de testes em baterias antiaéreas, sistemas de defesa e antimísseis.

Confira quais são os cursos oferecidos no ITA com duração de cinco anos:

  • Engenharia Aeronáutica;
  • Engenharia Mecânica;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia Eletrônica;
  • Engenharia da Computação;
  • Engenharia Aeroespacial.

Como funciona a carreira militar para as mulheres?

Mulheres no exército

A carreira militar para as mulheres ainda é um pouco restrita, já que a área ainda é predominantemente masculina. Para ingressar em qualquer Academia é necessário atender alguns requisitos como idade e não estar no período gestacional.

As mulheres podem servir ainda como militar temporário ou realizar os exames para ingressar nas instituições de ensino de formação superior como o IME. Contudo, a instrução militar básica que as mulheres recebem é a mesma dos homens.

Na carreira militar as mulheres podem desempenhar funções em estabelecimentos de ensino, órgãos de assessoria, quartéis-generais e organizações de saúde. Elas também podem ser recrutadas para participar de missões de paz.

Agora que você já sabe como funciona a carreira militar é hora de avaliar se esta é a área que você almeja para o seu futuro profissional.