Citação direta e indireta: saiba como fazer de acordo com a ABNT

A grande maioria de trabalhos acadêmicos e publicações respeita uma determinada norma padronizada: as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A ABNT divide as normas por NBRs, e a norma que regulamenta o uso de citações é a NBR 10520.

Nós já abordamos aqui quais são as principais normas da ABNT na elaboração de um trabalho acadêmico, mas hoje falaremos com maiores detalhes sobre as regras de citações, sejam elas diretas ou indiretas.

Neste artigo, você vai conhecer as respostas para as perguntas:

  1. O que é citação direta e indireta?
  2. Como fazer citações direta e indireta?
  3. Quantas linhas tem uma citação indireta?
  4. O que é uma citação direta curta?

Para conhecer as respostas para estas e outras dúvidas, acompanhe a leitura e conheça tudo o que precisa saber sobre o assunto!

Tipos de citação

A citação é uma forma de respeitar o trabalho feito por outra pessoa, apresentando a referência da consulta. Citar corretamente um autor e sua obra é parte de grande importância em um trabalho acadêmico, e omitir a fonte pode ser motivo para reprovação ou até acusação de plágio.

Na hora de citar um trecho de uma obra, há algumas variações de como proceder. É possível fazer:

  • Citação direta;
  • Citação indireta;
  • Citação da citação.

Adiante, explicaremos o que é cada uma e como proceder corretamente, respeitando as normas da ABNT.

Citação direta

A citação direta é uma das formas mais comuns de referenciar um autor consultado. Nela, o autor (você) seleciona um trecho de uma obra na qual se baseou para sustentar seu argumento utilizando as palavras exatas do autor pesquisado.

É possível utilizar a citação direta na introdução, no desenvolvimento do trabalho ou na conclusão.

Há alguns tipos diferentes de citação direta, como você vai conhecer aqui. Lembre-se de conferir se está usando as margens, espaçamento, a fonte e o tamanho adequados, de acordo com a ABNT.

Só para lembrar, a fonte utilizada poderá ser a Times New Roman ou Arial, e o tamanho principal da fonte deve ser 12. O espaçamento entre linhas deverá ser de 1,5 e a formatação justificada. A margem de parágrafo deverá ser de 1,25.

Como se faz uma citação direta curta?

Para trechos de até três linhas, a transcrição do autor consultado deverá ser feita entre aspas duplas. O nome do autor poderá ser usado no início, iniciado por letra maiúscula e demais minúscula, e entre parênteses o ano da obra e a página. Neste caso, você estará fazendo a referência e, em seguida, a citação. Por exemplo:

Segundo Zimerman, o ego é responsável por mediar, integrar e harmonizar “as pulsões do id, as exigências e ameaças do superego e as demandas da realidade exterior” (1999, p.84).

Outra forma de fazer a citação direta é primeiro citar e depois referenciar. Neste caso, o sobrenome deverá aparecer entre parênteses em caixa alta, antes do ano da obra:

O ego é responsável por mediar, integrar e harmonizar “as pulsões do id, as exigências e ameaças do superego e as demandas da realidade exterior” (ZIMERMAN, 1999, p.84).

É importante dizer que em citações diretas, a transcrição deve ser uma cópia exata do autor consultado. Portanto, se houver qualquer formatação como negrito ou itálico na obra original, ela deve ser reproduzida na citação direta, seguida da observação “grifo do autor”. Porém, caso você deseje destacar alguma palavra do autor citado para desenvolver a ideia a seguir, é possível fazer o grifo, porém, seguido da expressão “grifo nosso”. Exemplos:

“Sua dinâmica observada ao longo dos atendimentos sugere um sintoma simbólico”(MACEDO, 2013, p. 5, grifo do autor).

O sintoma histérico dá indícios de ser um “retorno de uma lembrança inconsciente e relacionada a um trauma” (AZEVEDO, 2011, p. 106, grifo nosso).

veja também:
Google Acadêmico: como utilizar e encontrar artigos científicos

Outro ponto importante a respeito das citações diretas é no caso de você querer citar um trecho no início de um parágrafo e outro trecho no fim do mesmo parágrafo. Se não quiser reproduzir todo o conteúdo entre um trecho e outro, é possível suprimir o texto com o uso de colchetes e reticências ([…]). Veja:

“Distintos tipos de operações mentais que têm por finalidade a redução das tensões psíquicas internas […] processadas pelo ego e praticamente sempre inconscientes” (ZIMERMAN, p.128).

Citação direta longa

Citação direta longa

Agora que você já aprendeu a fazer citações diretas curtas, vamos mostrar como se faz uma citação direta longa.

Para citações com a partir de 4 linhas, a formatação é diferente. Neste caso, a fonte deverá ser diminuída para 10 ou 11 e com recuo de margem em 4 cm à esquerda e espaçamento simples, sem parágrafos, conforme imagem abaixo:

Citação direta lei

Outra dúvida que pode surgir em relação às citações diretas seguindo as normas de citação ABNT 2017 e usadas até hoje é em relação às citações de leis.

De acordo com o art. 1º do Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503 de 23 de setembro de 1997), “Art. 1º O trânsito de qualquer natureza nas vias terrestres do território nacional, abertas à circulação, rege-se por este Código.” (BRASIL, 1997, p. 1).

Note que é necessário citar todos os dados para que o leigo consiga encontrar o trecho citado (artigo, parágrafo, caput, etc.). Ao final, entre parênteses, deve conter o autor em maiúscula, o ano e página, assim como as outras citações diretas explicadas anteriormente.

O que é citação indireta ABNT?

Agora que você já aprendeu tudo o que precisava a respeito de citação direta, vamos falar sobre citação indireta de acordo com as normas da ABNT.

A citação indireta é quando você usa suas próprias palavras para expressar a mesma ideia de um autor consultado. Aqui, também é possível referenciar o autor e depois expressar sua ideia, ou então começar pela ideia e encerrar com os dados do autor entre parênteses, assim como na citação direta. Porém, neste caso, não se usa as aspas. Veja dois exemplos:

A percepção é uma das funções conscientes do ego, e se refere a como reconhecemos o mundo exterior, a nós mesmos, a imagem do corpo, nossas representações e identidade (ZIMERMAN, 1999).

Em pesquisa realizada por Sante & Pasian, chamam a atenção os resultados relacionados à dinâmica psicológica das mulheres solicitantes de cirurgia plástica estética (2011).

Note que, além de não usar aspas (já que não está reproduzindo literalmente as palavras do autor), não colocamos as páginas. Isto porque, no caso da citação indireta de sua redação, esta informação fica ao seu critério colocar ou não.

Citação de livro

Outra dúvida que pode surgir ao elaborar seu trabalho acadêmico é sobre como citar um livro. Neste caso, o autor entende que toda a obra do autor estudado é relevante para seu trabalho. Por isso, é possível fazer uma citação indireta de algum conceito expresso pelo autor estudado, referenciando o ano da obra, cujos detalhes serão apresentados ao fim do trabalho como referência bibliográfica. Por exemplo:

Como dizia Freud, o ego é antes de tudo corporal (1923/1976).

Como este tema foi abordado em diferentes partes da obra de Freud em dois dos livros estudados, as referências das obras de 1923 e de 1976 serão apresentadas na parte de Referências. É possível, também, colocar uma nota de rodapé com a referência, se o autor preferir.

Citação de citação

Você já ouviu falar em citação de citação? Ela pode ocorrer quando, ao estudar um determinado autor, ele cita algo relevante (também para seu trabalho) de um terceiro autor. O ideal é sempre recorrer à fonte inicial, ou seja, buscar a obra original deste terceiro autor. Porém, nem sempre isto é possível. Neste caso, a última opção é fazer uma citação da citação. Veja uma citação de citação exemplo ABNT:

veja também:
Conclusão de TCC: saiba como escrever e definir

A imagem corporal é definida como a “(…) representação do corpo na nossa mente, ou seja, o modo pelo qual o corpo se apresenta para nós” (SCHILDER, 1923, citado por PENNA, 1990, p.203).

Note o uso das aspas. O trecho transcrito é uma reprodução fiel da obra de Penna, que por usa vez havia pesquisado a obra de Schilder, autor o qual citou indiretamente.

“Quando olha para o rosto da mãe, ‘o que o bebê vê é ele mesmo’.” (WINNICOTT, 1971, apud CAMPOS, 2007, p. 137).

Note algumas diferenças neste exemplo. Uma delas é o uso da palavra apud, que significa “citado por” em latim. Outra diferença é o uso tanto de aspas simples quanto de aspas duplas. Neste caso, as aspas simples foram usadas na obra de Campos, ao fazer uma citação direta de Winnicott. Em nossa obra, fizemos uma citação direta da obra de Campos. Assim, há uma citação direta dentro de outra citação direta.

É importante ressaltar que a prática do uso de citação da citação não é bem vista pelos examinadores do mundo acadêmico. Por isso, busque sempre a fonte original.

Citações de outros tipos de obras

É possível ainda se basear em vídeos ou outro tipo de mídia consultada na internet. Neste caso, há orientações na NBR 6023 da ABNT sobre como citar obras de imagem em movimento. Deve-se colocar: Título – Diretor – Produtor – Local – Produtora – data – Tipo de mídia.

Quando não houver registro do local, utilize a sigla S.l. Quando não houver produtora, utilize a sigla s.n. Ao redigir a ideia absorvida em um vídeo, a regra para as citações diretas e indiretas continuam sendo as mesmas.

Se iniciar o relato com o nome do autor, redija-o normalmente (Sobrenome). Se o autor for mencionado entre parênteses após a ideia ser redigida (direta ou indiretamente), escreva em maiúscula entre parênteses, seguida do ano (SOBRENOME, ANO).

Em referências, será possível colar o link utilizado para acessar o conteúdo. Após redigir as referências, basta escrever Disponível em: colar o link.

Citações de acordo com normas ABNT

Neste artigo, você aprendeu como fazer citação nas normas da ABNT, sejam para citações diretas curtas ou longas, citações indiretas, citações de citações, citações de livros ou ainda citações de vídeos.

Espero que este conteúdo tenha sido útil para sua vida acadêmica. Caso ele tenha te ajudado, compartilhe-o em suas redes sociais! Para mais dicas sobre a vida acadêmica, profissional e carreira, continue em nossa página. Você encontrará outros artigos que serão muito úteis para você. Acompanhe-nos para novidades. Até a próxima e sucesso!