Coisas que você pode dizer na entrevista de emprego e clichês para fugir

Você está ansioso por conseguir uma vaga de emprego, tomou todo o cuidado para elaborar o currículo, se inscreveu no processo seletivo e foi finalmente chamado para uma entrevista de emprego. E agora? Para ajudá-lo a se sair bem, trouxemos algumas dicas do que falar em uma entrevista de emprego para se destacar. Confira!

Dicas para se preparar para uma entrevista de emprego

Ao saber que possui uma entrevista de emprego, é fundamental tomar alguns cuidados. Um deles é atentar para o que vai vestir, afinal, nossa imagem é nosso primeiro cartão de visitas.

Outro passo importante é estudar sobre a empresa. Busque o máximo de informações possíveis, estude sua missão, visão e valores, de modo a se abastecer de conteúdo que mostre que você conhece a organização para a qual se candidatou.

Mais uma dica importante é rever o que colocou no currículo enviado à empresa. Veja todas as competências e experiências apresentadas, pois elas podem ser perguntadas pelo recrutador, ou podem ainda servir de gancho para que você dê mais detalhes durante a entrevista, conforme a relevância.

Se você apresentou em seu CV que possui inglês intermediário, avançado ou fluente, esteja preparado também para ser testado neste quesito, dependendo da relevância desta habilidade para o cargo.

O que falar em uma entrevista de emprego sobre mim?

Chegou o momento da entrevista. Uma das primeiras perguntas que talvez você vá escutar é para falar sobre você. Neste momento, prepare-se para um relato de um minuto, até dois no máximo, descrevendo conquistas e habilidades adquiridas, mas que tenham alguma relevância com o cargo, é claro. Se for falar sobre detalhes pessoais, como hobbies, seja breve e tente ligar este hobby ao cargo almejado ou à empresa.

Nesta questão, o candidato é avaliado em sua capacidade de ser sucinto e claro, além de apresentar ao recrutador seus interesses e capacidades.

O que dizer numa entrevista de emprego: defeitos, qualidades e desafios

Outro ponto importante para o qual se preparar é para a resposta de o que falar em uma entrevista de emprego sobre qualidades e defeitos. Esta questão é muito comum, e para respondê-la é importante ser honesto.

Fuja de respostas clichês que expressem o que você acredita que o recrutador queira ouvir (como mostraremos adiante). Considere as qualidades apresentadas no currículo, e pense de antemão suas dificuldades (desafios) e defeitos. É possível falar sobre estratégias que você utiliza para lidar com os pontos negativos, se for seu caso.

Fuja dos clichês

Seja na hora de falar sobre qualidades e defeitos ou em qualquer outro momento da entrevista de emprego, fuja das respostas padrões. Veja alguns exemplos:

  • “Me adapto a tudo.”

Esta frase é muito genérica. O mais importante é ligar suas competências ao cargo desejado, e não “atirar para todos os lados” pleiteando qualquer oportunidade disponível.

  • “Meu defeito é ser perfeccionista.”

Esta frase é mal interpretada pelos recrutadores, que possivelmente não levarão à sério sua resposta. Isto porque esta é uma resposta clichê amplamente usada para se “livrar” de deixar transparecer seus defeitos (que todos possuem, evidentemente).

  • “Sou workaholic.”

Esta é outra frase que pode trazer desconfiança aos ouvidos do recrutador, por ser amplamente repetida pelos candidatos. O que mais importa para a empresa é a qualidade do trabalho entregue, e não o trabalho em excesso. Ser “viciado em trabalho” não é algo positivo, e pode ser sinal até de adoecimento físico e mental.

  • “Sou uma pessoa dinâmica.”

Esta qualidade pode ser até uma exigência de praticamente qualquer cargo. Por isso, se for recorrer a ela, que seja seguido de um exemplo prático de alguma experiência anterior.

  • “Sou um bom líder.”

Da mesma forma que a frase anterior, recorra a esta frase apenas se for relevante ao cargo e se você puder exemplificar com experiências prévias.

  • “Trabalho bem em equipe.”

Seja mais específico, abordando projetos que já tenha feito parte e que tiveram resultados positivos.

  • “Meu defeito é ser exigente.”

Outra frase na lista de defeitos disfarçados de qualidades, esta frase é mais uma que pode ser mal interpretada pelo recrutador.

veja também:
Carta de motivação: o que é, exemplos e como fazer a sua

Preparando-se para a entrevista de emprego:perguntas e respostas prontas

Uma boa estratégia para aplicar antes da entrevista é treinar para uma entrevista de emprego as perguntas e respostas que você daria.

Alguns exemplos de possíveis perguntas:

  • Fale-me um pouco sobre você.
  • Quais seus pontos fortes? Quais são seus pontos fracos?
  • Qual foi o motivo de sua saída do último emprego?
  • Por que você deseja trabalhar nesta empresa?
  • Onde você se vê daqui cinco anos?
  • Como você pode contribuir para nossa empresa?

Dentro das perguntas que o recrutador fizer, tente encaixar em suas respostas conteúdo sobre:

  • Seu conhecimento sobre a empresa;
  • Suas competências;
  • Como e porque você é a escolha ideal para a vaga e para a empresa;
  • Sua capacidade de executar o trabalho exigido;
  • Sua prontidão para trabalhar na empresa;
  • Seus objetivos profissionais para o futuro;
  • Sua experiência nos empregos anteriores.

Além disso, seja claro em suas respostas. Isto quer dizer não dar respostas incompletas e curtas, mas também não se estender em um “monólogo”.

Tente fazer alguma pergunta. Isto pode dar mais leveza ao diálogo, e não há nenhum impedimento para que você esclareça suas dúvidas.

Atente-se para o português bem falado e fuja de:

  • Gírias;
  • Gerundismo;
  • Redundância;
  • Piadas;
  • Falar mal de algum emprego anterior;
  • Mentir sobre experiências e competências que não possui;
  • Ser preconceituoso;
  • Forçar a intimidade com o recrutador.

Se sua dúvida é sobre o que falar em uma entrevista de primeiro emprego ouo que falar em uma entrevista de emprego para jovem aprendiz, lembre-se de praticar as dicas apresentadas aqui, que vão muito além de experiências prévias de emprego. Treine, estude e mostre uma postura séria e profissional.

Atente-se para a linguagem corporal

Comunicação é muito mais do que o que a gente fala. Nosso tom de voz e principalmente nosso corpo se comunica enquanto falamos.

veja também:
Análise SWOT pessoal: saiba como fazer

Se você estiver nervoso, provavelmente deixará isso transparecer com tremor, irá gaguejar ao falar ou mexer muito as mãos e pés. Se perceber que o nervosismo começou a tomar conta, respire profundamente para se acalmar. Confira algumas dicas de como cuidar de sua postura durante a entrevista:

  • Observe a postura corporal do recrutador e procure manter postura semelhante;
  • Não deixe os braços cruzados;
  • Converse olhando nos olhos do recrutador;
  • Evite balançar os pés ou as mãos em gestos repetitivos;
  • Relaxe a expressão facial, que pode parecer sisuda diante do nervosismo;
  • Atente-se para o tom de voz. Note se não está falando muito alto ou muito rápido.

Com este artigo você pode aprender tudo o que precisa para ter um excelente desempenho em sua entrevista de emprego. Peça a ajuda de um amigo ou grave um vídeo para observar com está se saindo. Estude para responder com segurança ao que for perguntado. Assim, você terá destaque em sua entrevista e aumentará suas chances de conseguir o tão desejado emprego.