Como motivar funcionários: conheça estratégias essenciais para seguir

É de conhecimento geral que funcionários motivados entregam melhores resultados dentro da empresa. A dúvida que fica é, então, como motivar seus colaboradores? A resposta é através de um conjunto de estratégias e práticas. Para conhecê-las, acompanhe a leitura deste artigo.

O que motiva um funcionário / colaborador?

Ao contrário do que se pode imaginar, a recompensa em dinheiro não é o principal motivador em médio e longo prazo. A princípio, bônus e benefícios em dinheiro podem ser um incentivo considerável, mas é preciso combinar outras ações para manter a motivação dos colaboradores continuamente.

A motivação no trabalho engloba um conjunto de elementos, como recompensas, reconhecimento, desafio e um bom clima organizacional. O tema de motivação humana é fonte de muitos estudos, com destaque para algumas teorias eficazes aplicadas no mundo organizacional, como você verá a seguir.

Teorias sobre motivação humana

Há muitas teorias existentes sobre a motivação humana. Algumas conhecidas e aplicadas no meio organizacional são da Pirâmide de Maslow, a Teoria das necessidades adquiridas e a Teoria dos 2 Fatores.

Na década de 1940, o psicólogo americano Abraham Maslow cunhou sua teoria de necessidades humanas, que ficou conhecida como Pirâmide de Maslow. Nela, Maslow lista as necessidades humanas em ordem de importância, sendo elas:

  • Necessidades fisiológicas, como comer e dormir;
  • Necessidade de segurança, seja em relação à família, ao corpo, abrigo ou trabalho;
  • Necessidade de pertencimento, relacionada às relações sociais, inclusive ao trabalho;
  • Reconhecimento e autoestima;
  • Autorrealização.

Similarmente, a Teoria das necessidades adquiridas de David McClelland parte do princípio que todo ser humano tem três necessidades dominantes:

  • Necessidade de conquista;
  • Necessidade de poder;
  • Necessidade de pertencimento.

Uma terceira teoria importante para entender a motivação humana é a Teoria dos 2 fatores de Frederick Herzberg. Segundo ele, a motivação tem influência de elementos intrínsecos (internos) que levam à motivação, e fatores higiênicos, extrínsecos ou externos, que levam à insatisfação. Dentre os fatores internos motivacionais, estão:

  • Reconhecimento;
  • Responsabilidade;
  • Desenvolvimento;
  • Crescimento;
  • Realização.

Já alguns fatores externos de insatisfação são:

  • Salário insatisfatório;
  • Problemas com supervisão;
  • Condições físicas e ambientais impróprias;
  • Insegurança.

A ideia é que, para conquistar a motivação dos funcionários, sejam estimulados os fatores internos e evitados os fatores externos.

Como podemos perceber, as teorias citadas acima se relacionam entre si e podem contribuir significativamente para desenvolver estratégias de motivação para os funcionários.

veja também:
Qualidade de vida no trabalho: um guia para empresas e funcionários

Estratégias para motivar funcionários

Como dissemos no início e apresentamos nas teorias de motivação, para manter os funcionários motivados, é preciso atentar-se a uma combinação de fatores, dentre eles:

1. Boa liderança

O líder tem papel crucial na motivação de uma equipe. Ele pode ser um elemento altamente desmotivador ou então ser o maior motivador de seus colaboradores. Para conquistar um resultado positivo, um líder precisa ter, como algumas de suas habilidades:

  • Saber ouvir;
  • Ter humildade;
  • Conhecer sua equipe;
  • Liderar pelo exemplo.

2. Trabalhar por uma causa maior

Quando o colaborador entende que seu trabalho está promovendo um benefício maior, ele atua de forma mais motivada. Um exemplo é saber que sua ação causará um impacto positivo na vida de seu cliente.

3. Compartilhamento de responsabilidades

Sentir-se parte de uma equipe e ter as responsabilidades compartilhadas minimiza a sensação de sobrecarga e gera apoio mútuo.

4. Envolver os funcionários no planejamento

Os funcionários podem e devem ser envolvidos no trabalho como um todo, desde o planejamento, e não apenas da execução e cobrança de resultados. Assim, é possível ouvir suas sugestões e alcançar resultados mais eficientes, além de mantê-los mais motivados por serem incluídos neste processo.

5. Confiança e transparência

Sentir que pode confiar na empresa e em sua liderança é um fator importantíssimo para manter um funcionário motivado. É fundamental que a empresa seja transparente com seus colaboradores e pratique os valores que prega. Do contrário, há grandes chances de redução da motivação e até perda do profissional.

6. Feedback

O feedback é elemento indispensável para incentivar um funcionário a entregar resultados. Ele é necessário para ajustar o que pode ser melhorado, mas também para reconhecer seu sucesso. Lembre-se que o reconhecimento é um dos principais elementos da motivação humana.

7. Celebrar as conquistas

O meio organizacional é, muitas vezes, composto por cobrança de metas e resultados. Esta rotina pode se tornar bastante desgastante e desmotivadora. Por isso, uma forma de dar mais leveza ao trabalho é aprender a comemorar as conquistas, mesmo as pequenas.

8. Propor metas em curto prazo com pequenas recompensas

Ainda relacionando-se o tópico anterior, propor campanhas de incentivo com prêmios mais lúdicos em curto prazo pode ser muito eficaz para “dar um gás” no trabalho da equipe ao longo do ano. Prêmios como um day spaou uma viagem, por exemplo, podem dar um gostinho especial na rotina de trabalho e se tornar um elemento altamente motivador.

veja também:
Os 11 melhores sites de emprego e suas principais vantagens

9. Estimular o crescimento profissional

Trabalhar por muito tempo na mesma função, sem possibilidade de crescimento profissional, é um fator desmotivador. Por isso, é fundamental oferecer estímulos como treinamentos, capacitações e plano de carreira. Além de ter profissionais mais motivados, a empresa também ganhará profissionais mais capacitados e atualizados para executar seu trabalho.

10. Invista em benefícios que promovam o bem-estar

Além dos benefícios básicos como alimentação e plano de saúde, aqueles que promovem o bem-estar podem fazer toda a diferença no desempenho profissional. Alguns exemplos são:

  • Parceria com academias;
  • Espaço de descanso;
  • Dia casual;
  • Dia de levar o pet;
  • Horários flexíveis.

Alguns deles não demandam nenhum recurso financeiro extra da empresa e podem promover excelentes resultados.

Pratique estas dicas e ganhe funcionários motivados

Ao colocar em prática as estratégias apresentadas aqui, sempre considerando as necessidades humanas para manter-se motivado, tenho certeza que você conquistará resultados positivos em sua empresa.

Além dos pontos apresentados, vale lembrar que aspectos como o clima organizacional, boas condições de trabalho e salários dentro da oferta de mercado são indispensáveis para manter seus funcionários motivados.

Espero que estas dicas sobre como motivar funcionários tenham sido úteis. Caso este artigo tenha lhe ajudado, compartilhe-o em suas redes sociais! Para mais dicas sobre o mundo organizacional, profissional e acadêmico, continue em nossa página e acompanhe-nos para novidades.