Currículo lattes: saiba o que é e veja dicas para fazer o seu

Quem deseja seguir carreira acadêmica precisa criar um currículo lattes para se candidatar às bolsas de estudo ou projetos de iniciação científica. O que muita gente não sabe é que este modelo de currículo é bem diferente dos documentos mais comuns encontrados na internet.

O currículo lattes não é apenas um documento com informações profissionais, mas é uma plataforma que se tornou padrão a nível nacional para todos alunos envolvidos em pesquisas e professores que trabalham com a iniciação científica.

Preparamos este artigo com todas as informações importantes para você entender como funciona o currículo lattes. Saiba o que é o currículo lattes, quais as diferenças com o curriculum vitae e como fazer passo a passo um currículo lattes.

O que é um currículo lattes?

O currículo lattes é um modelo de currículo que deve ser feito diretamente na plataforma lattes. O sistema é gerenciado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ― CNPq.

O CNPq criou a plataforma lattes para integrar no mesmo sistema, uma base de dados de currículos de grupos de pesquisa e de instituições. O objetivo é facilitar a interação entre esses grupos.

Devido ao bom trabalho desenvolvido na área, o currículo lattes se tornou padrão nacional tanto para estudantes na área acadêmica quanto para pesquisadores. A maioria das instituições, institutos de pesquisas e universidades adotaram este modelo de currículo.

Quais as diferenças entre o curriculum vitae e o currículo lattes?

Curriculum vitae

Apesar dos dois modelos serem currículos profissionais, é perceptível algumas diferenças entre cada um deles. No entanto, algumas pessoas têm dificuldades em entender onde apresentar um currículo lattes e um curriculum vitae. Saiba como funciona cada modelo:

Currículo lattes

O currículo lattes é o mais indicado para a área acadêmica, sendo muito usado por pesquisadores, graduandos, mestrandos e doutores. Contudo, o documento precisa ser desenvolvido dentro da plataforma criada pelo CNPq.

O documento permite que você adicione todas as informações detalhadas da sua vida acadêmica e científica. É possível colocar as informações do seu histórico escolar, dos grupos de pesquisa que você participou durante a vida acadêmica, dos trabalhos científicos apresentados, entre outras opções.

Por conta dessa estrutura, o sistema se tornou padrão nacional para quem procura uma bolsa de estudos e de pesquisa na sua área. Por isso, diversas instituições que desenvolvem trabalhos de pesquisas começaram a adotar a plataforma como base de seleção.

A formatação do currículo lattes está de acordo com a plataforma onde deve ser inserida as informações. Portanto, o candidato nem precisa se preocupar porque o sistema já apresenta o documento no formato padronizado do lattes.

Todo o preenchimento do currículo lattes deve ser feito de forma online porque faz uma ligação com todos os seus dados que estão dentro da Receita Federal para comprovar as informações mais básicas do candidato. Com isso, a possibilidade de fraude é mínima.

No entanto, se você colocar algum curso ou habilidade que não seja comprovada por meio de certificado ou algum documento, a informação não terá nenhuma validade na plataforma lattes.

O currículo lattes apresenta as aptidões acadêmicas do candidato, mas também serve como critério de avaliação caso você queira concorrer a bolsas de iniciação científica. Por isso, o currículo lattes é um documento muito exigido nas universidades brasileiras tanto públicas quanto privadas.

veja também:
Curriculum ou currículo? descubra as diferenças entre a grafia

Curriculum vitae

Saindo da área acadêmica, o curriculum vitae é o mais indicado para as mais variadas profissões. Nele devem ser colocados todos os seus dados pessoais, formação acadêmica e experiências profissionais.

O curriculum vitae é um modelo mais simples que pode variar conforme as habilidades e experiências profissionais do candidato. É o modelo mais comum para apresentar nos processos seletivos.

Todavia, algumas empresas ainda exigem que o candidato preencha um formulário padrão na hora de aplicar para uma vaga como uma forma de coletar todas as informações necessárias para a empresa.

A formatação do curriculum vitae não segue um padrão único, já que existem diversos modelos no mercado. Portanto, o preenchimento deve ser feito de acordo com as suas necessidades.

Todas as informações inseridas dentro do curriculum vitae precisam ser verídicas, uma vez que o recrutador pode solicitar documentos e realizar testes para confirmar as habilidades e capacidades do candidato.

Se a sua intenção é ingressar no mercado de trabalho, o curriculum vitae é o documento indicado para você. O documento é aceito em grandes empresas e tem como objetivo apresentar as habilidades dos candidatos para a vaga que está se candidatando.

Como fazer um currículo lattes?

Como o currículo lattes é feito diretamente em uma plataforma, é necessário seguir um passo a passo para inserir as informações de forma correta. Confira como fazer o seu currículo lattes no sistema.

Cadastro básico

  1. Primeiro você precisa acessar a plataforma lattes;
  2. Depois você deve clicar em “cadastrar novo currículo”;
  3. Quando a página se abrir, você deve inserir a sua nacionalidade e o e-mail de contato;
  4. Em seguida, crie uma senha compatível com o sistema e digite os caracteres solicitados de acordo com a imagem;
  5. Depois clique em “próximo” para concluir essa etapa.

Informações pessoais

  1. Na etapa de informações pessoais, você precisa colocar todos os seus dados pessoais;
  2. Depois coloque uma foto;
  3. A foto precisa ser formal, uma vez que o sistema é totalmente profissional.

Formação acadêmica

  1. Neste campo você precisa inserir todas as informações da sua vida acadêmica, mesmo que ainda esteja em andamento;
  2. Coloque o nome da instituição, o curso e o ano de início e de conclusão;
  3. Se você já possui alguma graduação, mestrado ou doutorado, precisa informar o título da sua dissertação ou tese;
  4. Coloque também o nome completo do orientador;
  5. Coloque as informações de alguma formação complementar;
  6. Mas foque apenas nas informações relevantes para a área.

Experiência profissional

  1. Na etapa da experiência profissional, você precisa colocar todas as informações que estejam relacionadas às atividades profissionais e de pesquisa;
  2. Coloque o nome do cargo que você exerceu ou está exercendo;
  3. Em seguida, coloque as informações detalhadas do cargo;
  4. Informe a carga horária de trabalho;
  5. Depois coloque o nome da instituição ou empresa;
  6. Por fim, coloque o regime de dedicação.

Linha de pesquisa

  1. Na seção linha de pesquisa o que deve ser destacado é a sua participação em linhas de pesquisas e informar quais sãos os seus interesses na vida acadêmica;
  2. Coloque as pesquisas que você realizou e informe os temas de seu interesse;
  3. Coloque se você já atuou como membro de corpo editorial;
  4. Coloque a sua participação como revisor de periódicos;
  5. Coloque todos os detalhes sobre a área de atuação acadêmica.
veja também:
Resumo de qualificações: o que colocar no currículo?

Prêmios e títulos

  1. O campo “prêmios e títulos” é destinado para quem recebeu distinções por seus trabalhos;
  2. Coloque todos os projetos de iniciação científica que você recebeu prêmios;
  3. Coloque todos os seus destaques em feiras que foram dedicadas à pesquisa;
  4. Coloque todos os prêmios que você recebeu na sua área de trabalho;
  5. Coloque todas as indicações a prêmios de iniciação científica que você foi nomeado.

Área de atuação

  1. Na seção área de atuação, coloque a área que você pretende atuar;
  2. Coloque suas habilidades linguísticas;
  3. No tópico idiomas informe até três línguas que você possui fluência;
  4. Coloque a fluência na leitura, compreensão, fala e escrita.

Confirmação dos dados

  1. Depois que você terminar de digitar os dados exigidos, deve confirmar todas as informações;
  2. Faça uma leitura atenta e confira todas as informações que você inseriu;
  3. Verifique se há algum dado incorreto;
  4. Se encontrar algum erro, é só clicar para editar;
  5. Caso não visualize nenhum erro, clique em “enviar ao CNPq”;
  6. O seu currículo estará disponível no banco de dados em até 24 horas.

Atualização do currículo

  1. Depois que você faz todo o preenchimento dos dados solicitados no currículo lattes, você precisa realizar uma atualização para inserir informações complementares;
  2. Entre na plataforma novamente e clique em “atualizar currículo”;
  3. Quando abrir a página, digite seu CPF ou e-mail;
  4. Em seguida, coloque a senha e clique em acessar;
  5. Na próxima tela, clique no campo que você pretende editar;
  6. Se quiser atualizar o texto inicial, clique em “dados gerais”;
  7. Em seguida, clique em “texto inicial”;
  8. Sempre que você participar de eventos, concluir projetos ou finalizar qualquer trabalho acadêmico deve entrar na plataforma e atualizar o seu currículo;
  9. Caso deseje enviar o currículo lattes para participar de alguma seleção, basta apenas enviar o link do seu currículo.

Agora que você já conhece tudo sobre o currículo lattes, basta seguir todos os passos indicados neste post para começar a fazer o seu. Preencha as informações com cuidado e comece a divulgar o link para participar de bolsas de estudo e projetos de iniciação científica.