Entrevista de desligamento: saiba como fazer

O processo de demissão de um colaborador é extremamente delicado. Para tornar o momento mais confortável, é fundamental que as empresas realizem a entrevista de desligamento.

O último diálogo entre empresa e funcionário não tem o objetivo de criar um clima hostil, mas deve ser entendido como uma oportunidade de apontar melhorias para ambos os lados.

Uma vez que o colaborador não faz mais parte da empresa, poderá ser mais sincero ao colocar as suas percepções em relação ao trabalho desenvolvido pela companhia e o que ele aprendeu durante todo o tempo em que fez parte da equipe.

Acompanhe em nosso artigo como funciona a entrevista de desligamento e como você poderá realizá-la em sua empresa.

O que é uma entrevista de desligamento?

É uma reunião que deve ser realizada na saída do colaborador. É considerada uma ferramenta de gestão de pessoas com o objetivo de oferecer apoio e coletar informações do funcionário que foi demitido ou pediu demissão.

Geralmente é aplicado pelo RH da empresa ou pelo gestor da área. Para o funcionário será a oportunidade de finalizar de uma maneira saudável a sua relação com a empresa, mesmo que o motivo de sua saída tenha ocorrido por meio de alguma divergência.

As informações obtidas na entrevista de desligamento são muito úteis para a empresa. Nela, a companhia poderá constatar o que está motivando o pedido de demissão das pessoas e verificar se o problema está na empresa. Com isso, poderá ser feito um plano de ação imediato.

Para que serve uma entrevista de desligamento?

O objetivo da entrevista de desligamento é compilar o maior número de informações que deverá ser devidamente analisada e utilizada para orientar a liderança sobre os rumos da organização.

Em uma entrevista de desligamento o ideal é mensurar os resultados e aplicar a devolutiva aos líderes de cada departamento. Caso seja necessário, deverá envolver a direção da empresa.

Esses resultados devem ser cruzados com dados de outros indicadores como absenteísmo, rotatividade e turnover. Por meio da entrevista de desligamento, a empresa pode receber um feedback sobre o seu atual estilo de trabalho para aperfeiçoar seus processos e evoluir.

No momento da entrevista, como o colaborador não terá mais vínculo com a empresa, é bem provável que ele revele informações que estavam guardadas com ele. Esses dados podem ser relevantes e ter algum fundamento para que a empresa possa buscar melhorias.

O que deve ser abordado na entrevista de desligamento?

A entrevista de desligamento não tem o objetivo de procurar defeitos, problemas e/ou culpados. A proposta é buscar melhorias para ambos os lados, tanto empresa, quanto colaborador.

Quem for conduzir a entrevista, deve se basear no pedido de demissão por parte do funcionário ou no desligamento por parte da empresa. Somente dessa forma, você conseguirá obter a informação correta. Entenda o que deve ser abordado em cada situação.

Quando o funcionário é demitido

Quando o funcionário é demitido

Foto: Depositphotos

No caso do desligamento feito pela empresa, o objetivo na entrevista é identificar as causas que motivaram a demissão e quais as ações que o ex-funcionário sugere para a empresa para sanar esses problemas.

  • Quais competências foram insatisfatórias?
  • Quais foram as razões pessoais?
  • Quais foram as razões estruturais?

Quando o funcionário pede demissão

Quando o funcionário pede demissão

Foto: Depositphotos

No pedido de demissão feito espontaneamente pelo funcionário, a entrevista de desligamento é importante para identificar quais foram os motivos que levaram o colaborador a solicitar demissão.

  • Em que o ambiente de trabalho era insatisfatório?
  • O salário era insatisfatório?
  • Quais foram as faltas de perspectivas profissionais e de desenvolvimento?
veja também:
Coisas que você pode dizer na entrevista de emprego e clichês para fugir

Como deve ser realizada a entrevista de desligamento?

A entrevista de desligamento não deve ser imposta, cabe ao funcionário informar se ele quer ou não participar. Caso o colaborador diga que não quer participar, apenas agradeça e não insista.

Caso o funcionário opte em fazer a entrevista, quem estiver no comando, precisa ser discreto. Mas, deve saber interpretar tudo o que o colaborador estiver relatando. Procure receber as informações de forma imparcial, ouça-o com atenção e somente faça perguntas ou comente algo, quando for necessário.

A entrevista deve ser conduzida dando espaço para o colaborador falar acerca do relacionamento com os colegas, chefes, remuneração, conduta da empresa, estrutura de trabalho, quais foram os motivos da sua saída e outros pontos que o entrevistador achar relevante para o momento.

Deve-se abrir espaço para a discussão de ambos os lados, apontando quais os pontos em que a empresa errou ou acertou e todas as outras questões levantadas pelo funcionário ou por quem estiver entrevistando.

O local da entrevista deve ser reservado e próximo à saída para evitar desconfortos para o colaborador. Ela não deve ser demorada, mas é necessário deixar livre para o funcionário expor sua opinião.

Tenha atenção com o final da entrevista. O condutor deve transmitir confiança e otimismo para o colaborador. Não pode deixar de agradecê-lo pela sua contribuição durante todo o período em que trabalhou na empresa.

Como fazer uma entrevista de desligamento?

Uma entrevista de desligamento possui três objetivos a serem atingidos. Confira cada um deles:

Suporte

É uma questão de ética e responsabilidade social da empresa oferecer suporte para o funcionário que está sendo desligado ou que solicitou demissão. Saiba como a sua empresa pode fazer isso:

Outplacement

É um serviço realizado pelo próprio RH ou por uma empresa terceirizada. O objetivo é auxiliar ativamente o ex-funcionário a conseguir novas oportunidades. Podem ser realizados alguns treinamentos de marketing pessoal, elaboração de currículo e preparação para entrevistas.

Indicação de sites

O setor de RH pode indicar sites para cadastro de currículos gratuitos. Essa é uma boa forma de contribuir com aquele colaborador que não sabe por onde começar a procurar novas oportunidades.

Carta de recomendação

Esse é modelo mais usado pelas empresas. Esta é uma ferramenta de extrema importância para a pessoa que está sendo desligada. O documento pode ser feito de forma padrão ou personalizada. Isso vai depender da cultura da empresa e da natureza do desligamento.

Veja como fazer a carta de recomendação profissional.

Investigação

Por meio da investigação é que a empresa saberá os motivos do desligamento ou pedido de demissão. Para isso, o ideal é que a empresa tenha um questionário pronto e com perguntas de forma padrão. Elas podem se misturar entre perguntas fechadas e abertas, de preferência, com dados quantitativos e qualitativos.

O questionário deve ser elaborado definindo as principais temáticas a serem abordadas na entrevista. No caso, deve-se levantar questionamentos a respeito da liderança, treinamento e desenvolvimento, ambiente de trabalho, atividades executadas e remuneração e benefícios.

Imagem da empresa

No momento da entrevista de desligamento, o ex-funcionário se sente mais à vontade para falar sobre situações que poderiam não ser adequadas enquanto fazia parte do quadro da companhia.

Informações como impressões sobre produtos, processos e até posicionamento da empresa devem ser absorvidos da entrevista. Serão importantes para trabalhar a sua equipe posteriormente.

veja também:
Fui demitido, e agora? veja dicas para seguir em frente

O entrevistador deverá entender as situações relacionadas à gestão como liderança ineficiente, baixa remuneração ou ambiente de trabalho desfavorável, pois são problemas que podem ser resolvidos e que servirão como melhorias para a empresa.

Procure finalizar a entrevista fazendo com que o funcionário fale o que foi positivo durante todo o período em que trabalhou na companhia. Explore questões técnicas e comportamentais.

Isso fará com que o colaborador tome consciência e entenda que tiveram momentos positivos e ensinamentos importantes que ele aprendeu durante esse tempo e que poderá utilizar em novas oportunidades.

Quais perguntas devem ser feitas?

Perguntas

Foto: Depositphotos

Selecionamos algumas perguntas que devem ser colocadas na entrevista de desligamento para obter as melhores informações do colaborador. Confira!

  1. Quais os motivos que o fizeram pedir demissão (caso o desligamento seja voluntário)?
  2. Que imagem da empresa você levará ao se desligar de suas atividades?
  3. Em sua opinião, a empresa valorizou o seu trabalho?
  4. A empresa ofereceu as oportunidades necessárias ao seu desenvolvimento profissional?
  5. Houve algum fator específico que dificultou a ascensão da sua carreira em nossa organização?
  6. Houve algum tipo de reconhecimento profissional?
  7. Suas necessidades foram atendidas pela empresa?
  8. Sua experiência era condizente com o cargo ocupado?
  9. Qual sua opinião sobre o nosso ambiente físico?
  10. Você tem alguma sugestão para a empresa melhorar as instalações físicas?
  11. Como você vê a sua relação com seu ex-gestor ou supervisor, no período em que atuaram juntos?
  12. Como foi o seu relacionamento com os ex-colegas de trabalho do seu departamento?
  13. Durante sua permanência na empresa, que pontuação de “zero a dez” você daria aos demais setores da organização? Por que você escolheu essa nota?
  14. Das tarefas que desempenhou ou desenvolveu qual mais gostou e por quê?
  15. Dos programas desenvolvidos pela organização, qual o que mais atendeu suas expectativas e qual o que precisa ser revisto?
  16. Quais treinamentos você acha que seria interessante a empresa oferecer? (treinamento e desenvolvimento)
  17. O que falta no pacote de benefícios oferecido pela empresa?
  18. Qual a sua opinião em relação aos nossos canais de comunicação interna?
  19. Como você avaliaria a política salarial da empresa em comparação com o mercado?
  20. Em que podemos melhorar, para que os funcionários fiquem bem informados sobre assuntos relacionados à empresa?
  21. Você tem algum comentário a fazer sobre o trabalho desenvolvido pela área de Recursos Humanos?
  22. Você voltaria a trabalhar conosco? Por quê?
  23. Gostaria de dizer algo a mais, sobre qualquer assunto referente ou não à empresa, antes de terminarmos nossa conversa?

A entrevista de desligamento é uma ferramenta importante para a melhor condução dos negócios de uma empresa. Quando utilizada corretamente, a empresa consegue compilar o maior número de informações e tirar o melhor proveito dela.