Ética profissional: as principais condutas e benefícios no trabalho

Para proporcionar um bom ambiente de trabalho, as empresas criam normas e regras pautadas na ética profissional. Portanto, obedecê-las é um dos critérios mais valorizados na contratação de um funcionário.

Em nosso artigo, juntamos algumas informações para ajudar a compreender o que é a ética profissional, e porque ela deve ser praticada dentro das empresas na busca de resultados positivos para todos.

O que é a ética profissional?

colegas de trabalho

A ética profissional é o conjunto de normas, valores e condutas de comportamento que formam a consciência do profissional no ambiente de trabalho e no exercício de sua atividade dentro das organizações.

Ser ético é tomar atitudes que não infrinjam as regras e padrões adotados pelas empresas. É proceder conforme as normas, valores e missões, sem prejudicar o próximo, além de desenvolver seu trabalho corretamente.

Para alcançar as metas e objetivos, as empresas criam as suas regras internas, baseadas nos padrões éticos sociais. Cabe ao profissional trabalhar seguindo esses padrões e regimentos internos de uma organização.

Quando você segue rigorosamente a ética profissional, tem a possibilidade de um exercício diário e prazeroso de honestidade, comprometimento e confiabilidade. São essas características que vão conduzir o seu comportamento nas tomadas de decisões em suas atividades, além de ser recompensado ao ser reconhecido pela sua conduta exemplar.

Como deve ser a conduta ética?

sigilo profissional

A conduta ética provoca reflexos positivos, tanto para a organização quanto para seus colaboradores, já que aumenta a produtividade, estimula a harmonia no ambiente de trabalho e ajuda no desenvolvimento profissional de cada um.

Entretanto, alguns fatores são importantes para alcançar a excelência profissional no processo de conduta ética. Não basta estar em constante aperfeiçoamento, é necessário também assumir uma postura ética. Confira algumas dessas atitudes:

Honestidade

O profissional deve falar sempre a verdade e assumir a responsabilidade por suas falhas, pois é muito melhor aprender com os erros do que procurar um culpado para suas falhas.

Sigilo

Algumas informações de trabalho são extremamente sigilosas e o profissional precisa respeitar esta condição, mantendo o sigilo.

Competência

Você deve cumprir a sua função com comprometimento e consciência, sempre com o objetivo de alcançar o melhor resultado para a organização, sem pensar apenas no seu resultado pessoal.

Prudência

Para ser ético é necessário respeitar a hierarquia da sua empresa e não interferir de forma negativa no trabalho de seus colegas.

Humildade

Nada mais humilde do que reconhecer o seu espaço e o seu papel dentro da organização.

Imparcialidade

É necessário também, aprender a diferenciar as relações pessoais das relações profissionais e considerar sempre como prioridade a realização do seu trabalho.

Qual a importância da ética profissional?

profissional antiético

Estimular a ética no ambiente de trabalho deve ser um objetivo buscado por todos que fazem parte do meio corporativo. A empresa também precisa incentivar práticas que atendam ao respeito mútuo e à honestidade para proporcionar um relacionamento saudável. Além de contribuir, assim, para a boa imagem da companhia.

A ética proporciona as relações interpessoais, o respeito, o bem-estar e uma boa convivência no ambiente profissional. Criar e cultivar laços com outros funcionários e líderes, desenvolver uma reputação positiva e promover um ambiente de trabalho harmonioso, certamente gerarão reflexos benéficos para a carreira de quem adota um rígido código de conduta profissional.

Quais os mandamentos da ética profissional?

equipe de trabalho

A ética profissional precisa seguir regras, normas e condutas estipuladas pelas empresas, mas alguns elementos são universais e podem ser aplicados a qualquer atividade profissional. Confira os 10 mandamentos da ética profissional:

Seja honesto

A honestidade é uma questão de caráter e deve ser aplicada tanto na vida pessoal quanto profissional. Portanto, seja honrado e digno em qualquer situação, pratique a sinceridade com seus colegas de trabalho e clientes. Dessa forma, você conquistará o respeito e a confiança das pessoas.

Nunca assuma algo que você não pode fazer

Nunca faça algo que não possa assumir perante os colegas de trabalho, os superiores e ao público. Somente assuma alguma responsabilidade se tiver condições de garantir os resultados. Por isso, evite se comprometer sem estar 100% confiante!

Seja humilde

Para trabalhar em equipe é necessário ser humilde, tolerante e flexível para ouvir críticas e sugestões. Ouvir e compreender o que o outro quer dizer, pode trazer ideias positivas e negativas. Esteja sempre com a mente e o coração abertos para dar espaço aos outros!

Faça críticas construtivas e de forma educada

Seja muito cauteloso ao fazer uma crítica, já que serão apontados os pontos negativos de uma pessoa. Preze pela transparência ao transmitir diretamente a pessoa e não para os outros. Não fale pelas costas ou haja com impulsividade.

veja também:
Comprometimento: saiba qual a importância e benefícios no trabalho

O feedback deve ser construtivo com o objetivo de desenvolvimento. Seja sempre educado ao passar as informações para as pessoas que trabalham com você, sem precisar decepcioná-los.

Respeite a privacidade

A privacidade do colega, do cliente e de todos os demais é inviolável. Nunca se deve mexer na mesa, gaveta, armário ou informações e documentos de outras pessoas, em qualquer circunstância.

Assuma as consequências dos seus atos

Em discussões internas, assuma os valores, princípios, bem como as consequências dos seus atos. Não coloque a culpa em seus colegas e tenha maturidade o suficiente para assumir os seus erros.

Evite fofoca

Fofocas e comentários maldosos devem ser eliminados. Mesmo que pareçam fazer parte do grupo e seja inofensiva, é tido como algo grave dentro das empresas. A fofoca somente prejudica as pessoas e o tempo gasto com ela, poderia ser usado para algo mais útil e produtivo.

Respeite a hierarquia

A relação hierárquica e de equipe não deve levar em consideração as amizades e nem as antipatias pessoais. Você não pode privilegiar um subordinado por ser amigo e caso tenha alguma antipatia, tente superá-la.

Reconheça o mérito alheio

O reconhecimento é considerado um dos fatores mais motivadores em um ambiente de trabalho. Portanto, o crédito deve ser dado a quem merece, o outro jamais deve aceitar elogios ou recompensas pelo mérito alheio.

Seja sincero ao avaliar o trabalho das pessoas que fazem parte da sua equipe e saiba reconhecer o empenho de seus colegas e as suas atitudes assertivas.

Reconheça seus erros

Ao errar, reconheça, mas sem exageros. Dizer que não vai acontecer de novo e que o ocorrido será remediado, já é o bastante. Apenas procure resolver o problema e caso tenha alguma dificuldade para solucionar, não deixe de procurar seu superior.

O que não é considerado ética profissional?

falta de ética no trabalho

Assim como existem os mandamentos que devem ser seguidos para manter uma boa ética profissional, algumas atitudes precisam ser evitadas. Vejas quais são:

Falar demais

Falar em excesso no ambiente de trabalho, principalmente nos momentos em que você não é chamado, não faz parte da ética profissional.

Falar mal dos outros

Quem tem o hábito de falar mal de seus colegas pelas costas, não está praticando a ética no ambiente de trabalho.

Viver mal-humorado

Mesmo que você esteja enfrentando problemas, o seu mau-humor não vai ajudar em nada e você não estará praticando a ética profissional.

Não ter higiene pessoal

Escovar os dentes, passar desodorante e tomar banho, faz parte da higiene pessoal e é de fundamental importância para qualquer ser humano. A falta de higiene pessoal,  pode incomodar os seus colegas no ambiente de trabalho.

Não respeitar os demais

Todas as pessoas gostam de ser respeitadas, mas nem todas praticam o respeito. Isso não deve ser entendido como ética profissional.

Ser egoísta

O ambiente de trabalho não permite ser egoísta, já que é necessário conviver com outras pessoas. O egoísmo não faz parte da ética profissional.

Brincar demais

O profissional deve manter a leveza na sua rotina de trabalho, mas brincar demais não é considerado ética profissional.

Ser inflexível

Os imprevistos sempre acontecem em nossa vida, não é diferente no ambiente de trabalho. Ser inflexível não vai ajudá-lo e nem pode ser entendido como ética profissional.

Vestir-se de forma inadequada

A maioria das empresas possui regras quanto a vestimenta, fugir dessa norma é estar infringindo a ética profissional.

Falta de pontualidade

Todos precisam seguir os seus horários de trabalho estipulados pela empresa, porém deve ser compreensível quando ocorre algum imprevisto e você chega atrasado. O que não pode acontecer é transformar isso em rotina, pois você não estará praticando a ética profissional.

O que é o Código de ética profissional?

trabalho em equipe

Várias profissões tiveram que formar Conselhos de Representação com o objetivo de criar códigos de ética específicos para cada área de atuação. Entre os conselhos mais conhecidos estão: Conselho Federal de Medicina (CFM), o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o Conselho Federal de Administração (CFA) e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).

Os códigos de ética, portanto, são criados pelos conselhos para padronizar procedimentos operacionais e condutas de comportamento que garantam a segurança dos profissionais e dos usuários de cada serviço.

São estabelecidos os princípios ético-morais de determinada profissão. No caso de infração, são previstas penas disciplinares aos trabalhadores. Isso deve ser feito com o intuito de proteger a sociedade de injustiças e desrespeito, em qualquer esfera.

veja também:
32 perguntas para entrevista de emprego mais comuns

O papel dos conselhos, então, é fiscalizar e investigar se os códigos de ética estão sendo cumpridos pelos seus membros. Portanto, fique atento às normas estabelecidas em sua profissão.

Independentemente de ter ou não um código específico elaborado pelo conselho, todas as profissões exigem o cumprimento de valores morais e princípios éticos considerados universais como a honestidade, a competência e a responsabilidade.

O que é o código de conduta ética organizacional?

ambiente profissional ético

A maioria das empresas ou organizações prefere seguir os padrões éticos profissionais ditados pelo senso comum. Algumas procuram criar suas próprias regras que devem ser seguidas pelos seus colaboradores para garantir o bom funcionamento dos processos de trabalho e o alcance dos seus objetivos estratégicos.

As empresas com um número elevado de funcionários sentem mais a necessidade de adotar um código de conduta ética organizacional própria. Elas criam um instrumento que padroniza os procedimentos de trabalho e estabelece regras e valores de conduta para todas as áreas, de forma igualitária.

Se você está pensando em trabalhar em grandes empresas, provavelmente terá contato com este documento e todas as regras e normas da companhia serão regidas por ele, já que o código de ética organizacional é criado para cumprir obrigatoriamente as normas estabelecidas pela instituição.

O código deve ser elaborado com a participação de trabalhadores de diferentes setores, exercendo a democracia dentro das empresas e tornando o documento acessível para todos. A elaboração do código, geralmente, é conduzida pelo departamento de Recursos Humanos das empresas que forma um comitê de ética ou contrata uma consultoria externa para desenvolver o processo.

O ideal é que todos os funcionários recebam uma cópia do documento. Ele deve ser entendido como instrumento de trabalho e pode servir de orientação. O colaborador deve consultá-lo, regularmente, em caso de incerteza. Apenas deve recorrer aos líderes quando a dúvida não for sanada. Como não é algo determinado por lei, o seu descumprimento não implica em penas legais.

Muitos códigos de conduta ética organizacional sugerem ainda um espaço ou um canal de comunicação próprio para denúncias. Nesse canal, os funcionários da empresa podem relatar, de forma anônima, fatos relacionados ao descumprimento das normas estabelecidas que tenham sido observados dentro do ambiente de trabalho ou na relação com clientes.

Quais os benefícios da ética no trabalho?

ética organizacional

Quem pratica a ética profissional, geralmente, é admirado em seu ambiente de trabalho, já que seus colegas e clientes procuram respeitá-lo. Para esses profissionais, a ética profissional funciona como um filtro que não permite fazer uso de fofocas, mentiras, prejudicar outro colega, entre outros pontos negativos.

Quando se fala de liderança, as pessoas entendem que são os gestores que desenvolvem as competências do cargo com êxito. Aqueles que trabalham baseados pela ética profissional, portanto, oferecem feedbacks contínuos para seus colaboradores.

Eles procuram, também, deixar o ambiente de trabalho mais harmônico e sempre são honestos em suas atitudes. Não inventam mentiras para mostrar o seu trabalho e estão dispostos a ouvir seus colaboradores.

Cultivar a ética profissional dentro do ambiente de trabalho, proporciona benefícios e vantagens para todos, uma vez que o seu objetivo é estimular o crescimento da empresa e de todos os envolvidos.

A ética, quando bem estruturada, contribui para a melhora do clima organizacional, o relacionamento interpessoal, o respeito entre os colaboradores, a harmonia no ambiente de trabalho, a motivação dos funcionários, o aumento da produtividade e a conquista de melhores resultados.

E por fim, a ética profissional deve ser entendida como um conjunto de normas e regras que precisam ser seguidas por todos, para construir um ambiente saudável e produtivo, fatores determinantes para o crescimento da equipe e da empresa.