Faculdade de cinema: saiba mais sobre o curso

Quem é amante da sétima arte, suspira quando assiste a um bom filme. Mais ainda, quando escolhe a faculdade de cinema para seguir carreira. Dominar as diversas técnicas e linguagens que envolvem todo o processo de criação e produção é o grande desafio desse curso.

O profissional de cinema é geralmente conhecido como cineasta, mas não é somente em produções cinematográficas que ele pode atuar. Como o curso proporciona conhecimento em diversas áreas, as possibilidades de contratações tornam-se amplas.

Para você que está almejando trilhar esse caminho, elaboramos esse artigo com as principais informações sobre o curso de cinema e como está o mercado para recebê-lo. Acompanhe com atenção!

O que se estuda na faculdade de cinema

A matriz curricular do curso vai depender da instituição de ensino, mas há uma combinação entre disciplinas práticas e teóricas. No início o seu foco será para as matérias que envolvem a história, a teoria e a linguagem da sétima arte. Em meio a discussões e análises críticas, você aprenderá a desenvolver a sua capacidade de produção cinematográfica.

Munido de informações saberá qual caminho escolher dentro do curso e terá mais facilidade quando iniciar as aulas práticas que envolvem laboratórios de direção e roteiro. Aulas práticas de sonorização, fotografia, montagem, iluminação e operação de câmera são importantes para entender tudo o que está por trás das telas.

Além dessas matérias, veja quais são as principais disciplinas do curso de cinema.

  • Análise Fílmica e Crítica do Filme e da Cultura
  • Cenografia e Figurino
  • Cinema Brasileiro
  • Cinemas Mundiais
  • Construção de Roteiros
  • Criação de Personagem
  • Desenho de Edição
  • Desenho de Som
  • Direção de Arte e Identidade Artística
  • Documentário para TV
  • Dramaturgia da Imagem
  • Editais em Cinema e Audiovisual
  • Efeitos Visuais
  • Estética e Teoria da Montagem
  • Estrutura de Roteiro
  • Estruturas Narrativas e Dramáticas
  • Estudos Socioculturais
  • Gerenciamento da Produção Cinematográfica e Audiovisual
  • Iluminação
  • Marketing do Filme
  • Montagem Narrativa e Construção de Sentido
  • Narrativas Seriadas e a Cultura Industrializada
  • O Sentido e a Forma do Filme
  • Pesquisa para Documentário
  • Políticas no Documentário
  • Preparação de Elenco para Produção Cinematográfica e Audiovisual
  • Princípios e Procedimentos da Montagem Cinematográfica
  • Produção em Fotografia Cinematográfica
  • Projeto Final de Edição
  • Questões Contemporâneas nas Artes
  • Realização em Cinema e Audiovisual
  • Realização em Documentário
  • Recursos Narrativos em Cinema e TV
  • Recursos Sonoros para a Criação em Audiovisual
  • Seriados e Minisséries
  • Som no Cinema
  • Telenovelas
  • Teoria do Cinema

Ao final do curso, você não somente entenderá sobre cinema, mas sobre documentários, telenovelas, séries, minisséries, programas de televisão e até propagandas publicitárias. Com isso, será capaz de produzir sua primeira obra.

Como é o curso de cinema

O curso superior de Cinema é oferecido nas três modalidades: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. Pode ser chamado de Cinema e Audiovisual, Produção Audiovisual e Comunicação Visual – Habilitação Cinema.

No bacharelado, a maior parte do tempo é dedicada às aulas práticas. No final do curso, após quatro anos, são obrigatórios estágio e trabalho de conclusão. É a modalidade com a maior variedade de disciplinas no currículo, o que permite atuar em várias frentes da profissão.

O curso de licenciatura é pouco ofertado no Brasil. O objetivo é formar professores, no prazo de quatro anos, para ministrar aulas em cursos livres e elaboração de projetos para empresas e instituições.

veja também:
Faculdade de nutrição: saiba mais sobre o curso

Para quem precisa ingressar rapidamente no mercado de trabalho, há a possibilidade de fazer um curso tecnológico com duração, em média, de dois anos e meio. O curso é voltado para atender um nicho específico do mercado.

Perfil do profissional de cinema

Como característica principal desse profissional, destaca-se a criatividade que unindo a paixão pela arte, ajuda o cineasta a planejar e desenvolver um bom roteiro. Senso de organização e planejamento também devem ser habilidades fundamentais para trabalhar com orçamentos apertados e calendários predefinidos.

O bom cineasta deve entender sobre todas as áreas que envolvem uma produção, pois caso assuma o papel de diretor, será você o responsável em orientar os demais profissionais.

Para quem for captar recursos para a produção e divulgação do seu projeto, deve ter conhecimentos sobre leis, financiamentos, comunicação visual e elaboração de projetos. Portanto, ser cineasta não é apenas criar o melhor roteiro, mas entender todo o funcionamento do negócio.

Dicas para quem vai estudar cinema

O mercado cinematográfico brasileiro tem evoluído muito com o tempo, porém cursar cinema no país, ainda é um grande desafio. A demanda de cursos não é alta, os custos das faculdades privadas são elevados e há grande concorrência nas universidades públicas. Por isso, confira algumas dicas que preparamos para você brilhar na sétima arte.

1. Mantenha a humildade

Quando chegar à faculdade, absorva o máximo de conhecimento, pergunte quando tiver dúvidas e troque informações. A partir do momento em que entrar nesse mundo, você se tornará um artista que vive da arte, portanto, não pode desperdiçar oportunidades.

2. Escolha uma boa universidade

Ainda que a demanda de cursos seja pequena no país, é importante escolher uma universidade que possua um laboratório moderno e bem equipado, uma equipe de professores renomados na área e que seja bem frequentada. Aproveite a possibilidade para fazer bons contatos que possam render grandes oportunidades

Analise a grade curricular oferecida pela instituição para entender qual o enfoque do curso que você vai ingressar e se dedique a estudar para obter um bom desempenho durante todo o período do curso e ser destaque na faculdade.

3. Identifique a sua necessidade

Se você não vê problemas em estudar durante quatro anos para se tornar um cineasta completo, opte pelo bacharelado. Caso tenha afinidade com a docência, considere estudar licenciatura. Mas, se a sua necessidade de entrar no mercado é imediata e quer focar em apenas um nicho, o curso tecnológico é o mais indicado para você.

4. Seja dedicado

Quando começar a estudar, foque nos estudos, mas não deixe de participar e se dedicar aos fóruns, palestras e workshops que estejam direcionados ao curso. Você também aprenderá com eles. Se ofereça para ajudar nos projetos e construa um bom networking. Seja visto!

Mercado de trabalho para quem faz cinema

O mercado está aquecido e o cinema brasileiro vem ganhando destaque mundial sendo incentivado por verbas públicas. Os editais da Ancine, dos programas federais de incentivo como o Brasil de Todas as Telas, são alguns deles. Além disso, há um programa de apoio à participação de filmes brasileiros em Festivais de Cinema Internacionais.

veja também:
Faculdade de odontologia: saiba mais sobre o curso

Para completar o bom momento, as emissoras de TV por assinatura foram obrigadas a apresentar uma cota mínima de programas feitos no Brasil. Com isso, crescem as produtoras de filmes e séries no país contratando profissionais de diversas áreas.

O profissional que optou pela formação completa, poderá escolher diferentes áreas para atuar, sem esquecer aqueles que escolheram a docência como seu objetivo. Listamos algumas profissões em que você poderá seguir carreira. Conheça algumas delas.

1. Captação de som

Será o responsável por toda a sonorização de um projeto. Desde a compra de equipamentos até o tratamento da acústica do local.

2. Direção

Como Diretor, você será o líder do negócio. O profissional fará a gestão da equipe por trás das câmeras e todo o planejamento da produção.

3. Direção de arte

Esse Diretor está focado em definir os aspectos visuais de um filme. As cores, os espaços e os ambientes das cenas fazem parte do seu olhar clínico. Além da coordenação das equipes de cenógrafos, figurinistas, entre outros.

4. Produção

Responsável por correr atrás da captação de recursos e contratação dos diretores, atores e toda a equipe técnica. É esse profissional que faz todo o planejamento, organização e execução das ações necessárias para que a filmagem realmente aconteça.

5. Roteiro

É o contador de história. Ele tem o poder de fazer adaptações ou criar enredos envolventes que se transformam em grandes filmes.

6. Técnica

O operador que cuida dos equipamentos de gravação, iluminação, edição, filmagem e fotografia.

7. Edição

Todas as cenas rodadas são editadas para excluir os erros e recuperar as que tiverem qualidade e o responsável por esse trabalho é o profissional da edição.

8. Professor

Para os formados em licenciatura, a docência é o caminho certo. Você poderá dar aulas em cursos livres. Caso queira seguir carreira, depois do mestrado e doutorado, pode lecionar nas instituições superiores.

Onde estudar cinema

Decidido pelo curso? Pois bem, você pode optar por instituições públicas ou privadas. Saiba quais são as principais instituições reconhecidas pelo MEC para você cursar cinema no Brasil.

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) ― Privada
  • Centro Educacional Anhanguera (Anhanguera) ― Privada
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) ― Privada
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ― Pública
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) ― Pública
  • Universidade Federal do Ceará (UFC) ― Pública

A intenção é que a partir desse momento, as informações sobre a faculdade de cinema possam ficar mais claras para você, pois é uma área puramente técnica e que exige muito estudo e dedicação. Quem sabe ainda veremos uma grande produção sua no ar?