Me formei, e agora? Veja alternativas para trilhar uma jornada de sucesso

Os desafios que envolvem a existência são constantes e existem em todas as fases da vida. No início, concluir a educação básica parece um desafio imenso. Depois, você precisa escolher qual carreira seguir e optar por um curso superior. Como se não bastasse, após concluir essa etapa, vem a questão: me formei, e agora? As opções são as mais diversas e os desafios continuam. Elaboramos este conteúdo para te ajudar nessa tarefa, acompanhe!

Me formei, e agora? Por onde começar?

Ao concluir a sua graduação, as dúvidas certamente irão pairar sobre a sua cabeça. E não é para menos. Isso porque você não sabe se é melhor dedicar-se na busca por ampliar a sua experiência profissional ou sé é mais viável emendar outro curso. Ou então, não sabe se é mais vantajoso concluir uma pós-graduação ou já deve começar pelo mestrado. Se todas essas questões estão fervilhando em você, saiba que todo recém-formado passa por isso.

Não temos uma receita pronta a ser seguida rumo ao seu sucesso pessoal e profissional, mas sabemos e podemos te orientar sobre quais caminhos percorrer na busca dessas respostas. Inicialmente, tenha em mente que tipo de profissional você quer ser e onde você quer chegar. É de suma importância que, nessa altura, você já conheça suas principais qualidades e quais são suas principais limitações.

Por isso, descubra qual tipo de atividade quer desempenhar dentro da sua área de formação e dedique seu foco até chegar neste destino. Ainda se sente perdido? Confira agora algumas opções de caminhos que você pode seguir para encontrar e viver o seu auge profissional. Adeque a melhor opção de acordo com os seus sonhos e estilo de vida e, então, conquiste todos os degraus do êxito em sua carreira.

Devo fazer outra graduação?

Este é um dos caminhos mais difíceis, pois exigem uma convicção um pouco maior. Geralmente os mais jovens, ao ingressarem na universidade muito cedo, acabam por não tomar as decisões mais assertivas. Por isso, iniciar uma nova graduação, por mais que pareça amedrontador de início, pode ser uma grande revolução em sua carreira, porque se você tomar essa decisão, certamente estará mais seguro acerca do que quer para a sua vida.

Assim, as suas chances de sucesso aumentam (e muito!). Mas, tenha muita atenção. Muitas vezes, o mercado aprecia e valoriza a experiência e um bom networking como qualidades que superam uma pilha de diplomas. O mais importante é que você tome suas decisões com o máximo de cautela e convicção possível.

Me formei, e agora? Devo iniciar uma pós-graduação?

Esse é um dos caminhos mais percorridos pelos recém-formados. A alta competitividade no mercado faz com que a busca por qualificação seja cada vez mais necessária. Embora essa seja uma das escolhas mais comuns, você não precisa iniciar outro curso sem ter certeza de que a área escolhida é, de fato, o que deseja fazer.

Ao decidir continuar na esfera de aprendizado, os profissionais tendem a ficar na dúvida entre cursar uma pós-graduação, mestrado ou doutorado. Mas fique tranquilo, iremos detalhar sobre cada um desses institutos. De início, você deve saber que existem dois tipos de pós-graduação: lato sensu e stricto sensu, que funcionam da seguinte maneira:

  • Pós-graduação Lato Sensu: nesse tipo de curso, que serve para as especializações, encontra-se a modalidade conhecida como MBA (Master in Business Administration). São direcionados para a área de administração de empresas, de modo que os processos seletivos para ingressar nesse tipo de pós-graduação envolvem o envio de currículo e entrevistas.

Os cursos são regulados pelo Ministério da Educação (MEC) e tem como duração mínima o período de 360 horas, além da obrigatoriedade de apresentação de uma monografia. Após a finalização, o aluno receberá o seu certificado de conclusão.

  • Pós-graduação Stricto Sensu: essa modalidade gera um diploma (e não um certificado) ao aluno formado. O título constante nesse diploma será de Mestre ou Doutor, em determinada área de conhecimento que você escolheu. Os cursos stricto sensu são regulados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O tempo de duração é de, no mínimo, dois anos. Um dos requisitos para obtenção do título, é que o aluno deve defender uma dissertação (para os cursos de mestrado) ou tese (para os cursos de doutorado). A defesa será obrigatoriamente realizada diante de uma banca de 3 a 7 pessoas com titulação mínima de doutor.

Empreender é um bom caminho?

Sem dúvidas, se você tem esse sonho ou talento, o empreendedorismo é uma excelente alternativa para o seguirem sua carreira depois (ou até mesmo antes) de se formar. Ter o seu próprio negócio e alcançar o sucesso através dos trabalhos feitos por si e para si mesmo atrai muitos recém-formados. Uma das vantagens mais valorizadas é a oportunidade de decidir sua rotina de dias e horários de trabalho.

No entanto, não espere que o mundo corporativo seja mais simples, só porque você é o chefe. Muitas vezes, a prática é exatamente o oposto. As responsabilidades são somente suas e, acredite, elas não são poucas. Mas se você está querendo investir nesta possibilidade, o ingresso em um curso de MBA pode ajudar bastante. Embora não seja uma exigência, o ajudará a agir melhor em sua gestão de negócios.

Um programa de Trainee é uma boa opção?

Pode ser que sim.  Essa é uma das alternativas que tem registrado aumento cada vez mais significativo após a graduação. Os atrativos são muitos: os salários geralmente são altos e o desenvolvimento de um plano de carreira bem estabelecido são os principais objetivos nesta modalidade. Os processos seletivos são rigorosos, por isso, se esta for a sua opção após concluir sua formação superior, esteja bem preparado.

Me formei, e agora? Como decidir?

As opções que vimos neste artigo podem servir de base para a tomada de decisão. No entanto, ninguém poderá escolher por você. Se você está vivenciando o dilema: me formei, e agora? Procure buscar dentro de si quais são as suas maiores aspirações e some-as às experiências que você já viveu ou quer vive.

Separamos a dica mais importante para o final: tenha cautela nessa trajetória, para não cair no erro de se acomodar e achar o esforço da graduação é o suficiente. Isso porque o caminho para o sucesso profissional envolve dedicação constante, ao longo de toda a sua trajetória profissional. Gostou do nosso artigo? Compartilhe com os seus colegas. No entanto, caso você tenha ficado com alguma dúvida, escreva para nós aqui embaixo que te responderemos.

3000