Meu chefe foi demitido, e agora? 3 dicas para lidar com esta situação

A demissão é uma situação difícil, mas que todos estão sujeitos em um ambiente de trabalho. O desligamento de uma pessoa do seu ambiente de trabalho pode trazer impactos diretamente naqueles que trabalhavam junto a ela. 

Se a pessoa demitida tem uma função de chefia, os impactos podem ser grandes. Afinal, na maior parte dos trabalhos, o chefe é aquele que organiza e orienta os trabalhos dos seus funcionários. Quando ele não está lá, as coisas podem parecer interrompidas ou fora do lugar. 

A demissão de um chefe é uma situação delicada. Por isso, separamos três dicas que podem te ajudar a lidar com esta situação e retomar sua rotina de trabalho. Confira!

1. Mantenha a calma e o profissionalismo

Quando a saída é de um chefe, um ar de incerteza por pairar sob a equipe. É comum que muitos pensem que se o chefe foi dispensado, seus funcionários também estão suscetíveis à demissões. Mas nem sempre é o caso. É importante ficar atento ao que está acontecendo, porém, entrar em pânico pode desencadear um estado de ansiedade e te atrapalhar ainda mais, prejudicando sua imagem perante os outros gerentes.

Lembre-se que, embora o seu trabalho esteja ligado ao do seu chefe, vocês são dois funcionários completamente diferentes. Dessa forma, se a demissão tivesse ocorrido por conta de uma falha conjunta da equipe, todos seriam dispensados juntos. 

Procure entender o motivo da demissão e quais podem ser os impactos dela no seu trabalho e na equipe. Assim, você saberá como agir diante desta situação e se está na hora de atualizar seu currículo.

2. Destaque-se

A demissão de um chefe pode significar também uma vaga aberta para um cargo mais alto na hierarquia. Por isso, talvez esse seja o momento para mostrar que você consegue organizar suas funções sem o seu chefe ali. Dessa forma, você consegue mostrar não só que é um funcionário comprometido com a função que exerce, mas também se mostra uma opção viável para assumir o cargo, caso ele esteja aberto. 

Por isso, dê visibilidade para o seu trabalho, mostrando-se comprometido com os valores da empresa e o crescimento dela, além do seu crescimento profissional. Ter uma boa comunicação neste ponto é fundamental: destacar-se pelo seu trabalho é diferente de se vangloriar. Voluntarie-se para participar projetos, ajudar outros funcionários e mostre-se aberto para novas oportunidades (e novas responsabilidades).

3. Mantenha o contato

Enviar uma mensagem de solidariedade pelo ocorrido é uma boa forma de lidar com o ocorrido, independente do seu relacionamento pessoal com ele. No caso de ter uma boa relação com ele, acrescente na sua mensagem que gostaria de manter o contato. É uma ótima forma de fortalecer seu Networking

Ao escrever sua mensagem, espere alguns dias para enviar. Esperando a poeira abaixar é possível entender não só melhor a situação que você está mas também como se comunicar com seu antigo chefe sem ter os nervos à flor da pele.

Mas atenção: resista à tentação de falar mal da empresa ou daqueles que optaram pela demissão! Evite também  passar informações sobre o seu trabalho ou sobre assuntos internos da empresa para o chefe desligado. Tente manter uma postura profissional para os dois lados. 

Esperamos que estas dicas te ajudem a lidar com esta situação! Compartilhe nosso conteúdo com outros amigos que estejam passando por momentos parecidos.

3000