Mindfulness: conheça a prática meditativa que vai mudar sua vida!

Você é daquele tipo de pessoa que está sempre com a cabeça a mil por hora e não consegue descansar a mente em momento nenhum? Quando está trabalhando, constantemente perde o foco e começa a pensar em várias outras coisas? Sempre fica nervoso quando algum problema surge e facilmente explode? Então este artigo pode te ajudar! Continue acompanhando e conheça o “Mindfulness”: a prática meditativa que vai mudar sua vida.

Como surgiu essa prática

Mindfulness é uma prática meditativa que ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é algo novo. Na verdade, esta técnica é utilizada por monges budistas há mais de 2.500 anos, e apenas em 1979 começou a ser usada como prática terapêutica. Por volta dos anos 2.000, o mindfulness começou a se popularizar e muitas pessoas começaram a praticá-lo no seu dia a dia, procurando ter uma vida mais focada e controlada.

Sua popularidade cresceu tanto que as grandes empresas hoje começaram a incentivar os funcionários a praticar esta meditação, buscando assim, uma melhor harmonia do funcionário com a empresa e, também, melhorar o foco de suas atividades, aumentando a produtividade do funcionário. Interessante, não?

O que é mindfulness? Para o que serve?

O mindfulness é basicamente uma técnica de meditação que procura fazer o praticante desenvolver um foco mais concentrado em suas atividades diárias. O mindfulness é utilizado por pessoas que perdem o foco facilmente quando estão executando uma tarefa.

Imagine que você está fazendo um bolo. A massa começa a ser batida e então você começa a pensar nos boletos que deveriam ter sido pagos e não foram, no trabalho que precisava ser entregue… essas preocupações começam a tirar o foco da atividade que está sendo feita, no caso, o bolo. Dessa forma, há grandes chances de que o bolo dê errado.

O mindfulness funciona para ajudar o praticante a manter o foco em um único objetivo: naquilo que está sendo feito na hora. Seja trabalhar, caminhar, comer, cozinhar ou qualquer outra atividade, independentemente do tamanho ou simplicidade dela.

Atributos que o mindfulness pode ajudar a melhorar ou desenvolver

Além de ensinar a manter o foco na atividade atual, o mindfulness serve para melhorar ou desenvolver alguns atributos, como por exemplo:

  • Empatia e paciência;
  • Autocontrole;
  • Gratidão.

Mindfulness ajudando na empatia e paciência

Algo que é muito comum acontecer é perdermos a paciência frente a obstáculos e problemas diários. Como por exemplo, enfrentar um congestionamento no trânsito. A primeira coisa que muitas pessoas fazem é começar a reclamar do atraso que aquilo irá gerar no seu dia, não se importando em entender o real motivo de todo o problema.

veja também:
Como montar um currículo campeão para primeiro emprego

O congestionamento pode ter acontecido devido a algum acidente ou algum problema na região, como alagamentos. Com a prática do mindfulness podemos desenvolver a paciência e a empatia, com isso, buscando observar o problema por uma outra perspectiva.

Outro modo de ver a situação do congestionamento é: “Isso vai gerar atraso, mas também, todos aqui estão na mesma situação, então reclamar não vai fazer o trânsito sumir e só fará com que eu me estresse”. Ou então: “Talvez alguém tenha se machucado, se for isso, será que a pessoa está bem?”, ou “Está chovendo bastante, se for alagamento, espero que as casas da região não tenham sido afetadas.”. Enfim, tudo isso se chama paciência e empatia; e enfatizar esses sentimentos nos ajuda a sentir melhor.

Desenvolver tais atributos nos torna muito mais amigáveis com situações parecidas, assim, possivelmente não estragando o dia inteiro por simples raiva e preocupação, o que nos leva a outro atributo: o autocontrole.

Desenvolver o autocontrole é muito importante

O autocontrole é algo que poucas pessoas conseguem desenvolver, principalmente nos dias de hoje. É muito fácil termos atitudes motivadas por impulsos naturais, e isso pode gerar muitos problemas no nosso dia a dia. Como quando surge um problema e sem pensar agimos de forma inconsciente. Isso, provavelmente gerará um outro problema, podendo piorar a situação inicial.

O mindfulness ajuda a focar na tomada de decisões conscientes ao invés de cedermos ao impulso de uma decisão precipitada.

A gratidão e os benefícios que ela promove

Gratidão é um atributo que todas as pessoas deveriam exercer. Pois, a gratidão só gerará gratidão. Dificilmente uma atitude de gratidão não toca o outro, sendo que esse sentimento ajuda as pessoas a serem melhores.

O mindfulness promove a gratidão porque ele é um atributo que foca o presente, ou seja, o momento. Ele foca os sentimentos em que a pessoa é grata naquele instante. Seja o trabalho, a família, conquistas pessoais, amigos ou coisas simples como, uma conta paga, o alimento do dia, entre outras coisas. Por isso, trabalhar a gratidão diariamente é um dos melhores exercícios do mindfulness.

Aprenda pequenos exercícios de mindfulness para melhor a sua vida

Ficou interessado no mindfulness, não é? Então aprenda alguns exercícios que vão melhorar o seu dia a dia:

  1. Meditação;
  2. Evitar distrações;
  3. Controlar a respiração;
  4. Agradecer.

1. Meditação:

Pode ser muito incomodo no começo, mas a meditação como prática diária ajudará você a melhorar o humor, o autocontrole, a paciência e até produtividade.

veja também:
Currículo para quem nunca trabalhou: saiba o que colocar

Procure ao menos uma vez ao dia (inicialmente) sentar em um lugar que considere relaxante e feche os olhos. Por 5 minutos procure focar apenas em você mesmo e em seus sentimentos, esquecendo tudo a sua volta.

Com o passar do tempo, aumente de 5 para 10 minutos o período de meditação e continue até chegar em 20 minutos diários. Mas lembre-se de “esvaziar a mente” durante esses minutos.

2. Tire as distrações:

Quando estiver fazendo algum tipo de atividade, seja trabalhando, cozinhando, caminhando ou até mesmo na academia, enfim, procure ignorar todas as coisas a sua volta, foque-se apenas no presente momento. Se tirar as distrações da sua volta, a produtividade com certeza irá dobrar!

3. Controlar a respiração:

Normalmente respiramos no conhecido modo “automático”, mas, em treinos de mindfulness é importantíssimo aprender a controlar a respiração. Fora que “inspirar” e “expirar” profundamente e de forma controlada regula nossos batimentos cardíacos e acalma nossas emoções, fazendo com que fiquemos muito mais tranquilos para prosseguir com certas atividades.

4. Agradecer

Procure sempre agradecer, ao acordar ou no final do dia. Faça isso parando e refletindo sobre todos os motivos que você tem para se sentir grato, mesmo que seja por coisas pequenas. Liste tudo aquilo que você tem para se sentir grato e nunca percebeu. Como por exemplo, a vida, o alimento diário, os amigos a sua volta, sua família, a saúde, entre várias outras coisas que normalmente ignoramos e nem percebemos.

Agora basta praticar todos os dias!

Curtiu as dicas de mindfulness? Então pratique todos os dias estas dicas e mude sua vida para melhor. Não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que mais pessoas aprendam o que é mindfulness. Continue acompanhando nossas dicas!