O que escrever no e-mail para enviar no currículo

Receber currículos via e-mail é uma prática muito comum em empresas de pequeno, médio e grande porte. 

Isso acontece especialmente em empresas que não possuem sistemas automatizados (onde os candidatos preenchem formulários online para se inscreverem no processo). Mas também pode aparecer em processos seletivos mais restritos. Ou seja, quando é previsto a inscrição de um número pequeno de candidatos. Isso pode acontecer em cargos de alta qualificação, por exemplo, onde existem poucos profissionais que se encaixam nos pré-requisitos naquela localidade. 

Nesses casos, os recrutadores esperam que o currículo venha anexado ao e-mail. Mas, o que escrever no e-mail para enviar o currículo? No artigo de hoje, vamos tirar suas dúvidas sobre o que escrever (e o que não escrever!) no e-mail ao enviar o seu currículo. Confira!

O que escrever no e-mail para enviar um currículo?

Deixar o corpo do e-mail vazio ao enviar o seu currículo não é a melhor forma de entrar em um processo seletivo. É importante incluir uma apresentação concisa no corpo do e-mail para que o recrutador tenha uma ideia do profissional que está se candidatando à vaga de trabalho. Além disso, mostra um cuidado a mais que o candidato tem ao se candidatar àquele processo seletivo, o que chama a atenção do recrutador. 

Mas o que e como escrever nesse e-mail?

Em suma, ao enviar um e-mail com o seu currículo, você precisa responder às seguintes questões:

  • Porque você está enviando o e-mail;
  • Qual a vaga a que você quer se candidatar;
  • Quais são as suas qualificações (e como elas se relacionam à vaga);
  • O que você tem a oferecer para a empresa; e, enfim,
  • Como os responsáveis pela seleção podem entrar em contato com você. 

Confira agora como fazer tudo isso passo-a-passo:

1. Assunto

O assunto é a primeira informação que uma pessoa tem ao receber um e-mail. Isso porque, através dele, o destinatário saiba o que irá encontrar quando abrir o e-mail completo.

Além disso, leve em consideração que um recrutador recebe muitos e-mails, especialmente se estiver realizando mais de um processo seletivo. Nesse sentido, é comum que eles utilizem sistemas de filtragem quando vão abrir os e-mails de  uma determinada vaga.

É por isso que muitas empresas especificam na descrição da vaga qual título deve constar no assunto do e-mail. Mas, caso essa informação não apareça, recomenda-se incluir a abreviatura “CV” mais o nome do candidato e o cargo. Procure escrever exatamente como foi o que foi divulgado e, caso tenha um número de referência, inclua também. 

Confira um exemplo:

CV Margarete Gonçalves – Assistente de Mídias Sociais

2. Saudação 

Para um e-mail profissional, deve-se manter um vocabulário formal. Assim, algumas saudações recomendadas são “prezado” ou “prezada” e “Caro” ou “Cara”.

Algumas empresas especificam na descrição da vaga a quem deve ser destinado o e-mail com currículo. No entanto, caso você não saiba a quem destinar seu e-mail, a melhor maneira de começar seu e-mail é referir-se ao recrutador como “responsável pelo recrutamento”. Ah, e nesse caso, utilize “prezado(a)” ou “Caro(a)”, tornando a sua saudação mais abrangente.

Confira exemplos:

  • Caro Fernando,
  • Prezado(a) responsável pelo recrutamento,

3. Primeiro parágrafo

No primeiro parágrafo do seu e-mail, é importante que você diga quem você é e por que você está escrevendo. Mencione onde encontrou o anúncio daquela vaga de trabalho e porque se interessou por ela.

Confira um exemplo:

Me chamo Maria Oliveira, sou recém-formada pela Universidade de São Paulo com bacharelado em Engenharia de Produção. Gostaria de me candidatar à vaga de Analista de Dados, conforme oportunidade divulgada no site Vagas.

4. Segundo parágrafo

Agora, é hora de você mostrar porque você é o candidato ideal para esta vaga de trabalho. Fale quais são as suas principais habilidades e experiências, mas evite entrar em grandes detalhes. Lembre-se também de indicar o currículo anexado ao e-mail, que trará mais informações relevantes para o processo seletivo.

Confira um exemplo:

Com mais de 10 anos de experiência em marketing tradicional e online, adquiri amplo conhecimento e experiência nas estratégias de marketing mais importantes utilizadas atualmente. No meu cargo anterior, criei e implementei um programa de marketing que aumentou as vendas em 30% em apenas três meses. Usando esse conjunto de habilidades, sinto que poderia trazer resultados semelhantes para sua organização.

Minha carta de apresentação, currículo e certificações estão em anexo para sua análise. 

5. Agradecimento

Antes de finalizar o seu e-mail, agradeça a atenção do recrutador. Além disso, enfatize que você está disposto a responder qualquer dúvida que o recrutador tenha sobre o seu perfil profissional em uma entrevista. 

Confira alguns exemplos:

  • Muito obrigado por seu tempo e consideração.
  • Espero seu retorno sobre esta oportunidade e agradeço por seu tempo e consideração neste assunto.
  • Agradeço a oportunidade e fico à disposição para maiores explicações.
  • Agradeço o seu tempo e não hesite em entrar em contato se desejar informações adicionais.

6. Assinatura

Por fim, feche o seu e-mail com  uma saudação final como “Atenciosamente,” ou “cordialmente,” e suas informações de contato. Inclua seu nome completo e suas informações de contato, como telefone e e-mail. Você também pode incluir o seu perfil no LinkedIn se achar interessante para a vaga e a empresa em questão.

Confira um exemplo:

Atenciosamente, 

Gustavo Assis

(00) 0000-0000

[email protected]

LinkedIn: linkedin.com/in/gustavoassis

Dicas para escrever um bom e-mail para enviar seu currículo 

Agora que você já sabe como escrever sua apresentação, confira as dicas que separamos para garantir o sucesso do seu e-mail e currículo no processo seletivo:

Salve seu currículo num formato adequado

Enviar o currículo é o primeiro passo em qualquer processo seletivo. Por isso, além da mensagem escrita no e-mail, é preciso ter atenção redobrada com o currículo em anexo. Por isso, é preciso que ele esteja num formato adequado para que os recrutadores o visualizem. 

O formato PDF é o mais indicado. Pois é fácil de visualizar e garantir que o texto não perca sua formatação. No entanto, confira na descrição da vaga se a empresa não pede o arquivo em outro formato. Algumas só aceitam documentos em formato DOC.

Ah, e não se esqueça de dar um nome para o seu arquivo! De preferência, utilize o seu nome e o título da vaga. Assim, os recrutadores poderão identificar facilmente o seu currículo entre os demais. 

Foi indicado por alguém para a vaga? Mencione!

Quando se é indicado a uma vaga por um contato interno da empresa, é possível que seu currículo seja analisado com mais atenção e interesse. Afinal, a indicação é um sinal para os recrutadores de que você é um profissional qualificado e que faz o perfil procurado pela empresa. 

Assim, ao escrever o e-mail e enviar seu currículo, não deixe de apontar quem te indicou aquela vaga. Não é preciso entrar em detalhes sobre como você conhece a pessoa ou porque ela fez essa indicação. Você pode simplesmente escrever que “Fui indicado à vaga por/pela…” durante a sua apresentação. 

Revise antes de enviar

Erros de digitação podem acontecer com qualquer. No entanto, quando são detectados pelos recrutadores, esses erros podem interferir na sua avaliação inicial. Um e-mail ou currículo com erros de português pode indicar que o candidato não tem domínio da língua ou que não teve atenção ou cuidado durante a escrita. 

Para impedir que isso aconteça, releia tudo o que escreveu com calma. Confira se todas as palavras estão com a grafia correta e se suas frases têm coerência e coesão. 

Se possível, peça para que outra pessoa leia e revise para você. Afinal, quando escrevemos um texto e o revisamos, alguns erros podem passar batido. Um segundo olhar garante que tudo esteja no seu lugar. 

Envie uma versão teste para si mesmo

Não são raros os casos de candidatos que enviam o e-mail e esquecem de anexar seus currículos. Uma medida de precaução para essas situações é enviar um e-mail teste para si mesmo. Assim, você garante que todos os anexos estão corretos e que o e-mail saiu exatamente como você queria. 

Após ter certeza de que o seu e-mail está perfeito, você pode enviá-lo para o recrutador. Ah, e não se esqueça de conferir se o e-mail foi enviado com sucesso ou se ficou parado na caixa de saída. Ou até mesmo se voltou ao remetente por algum erro na digitação do endereço do destinatário!