O que faz um psicólogo: as atribuições dessa profissão

A psicologia é o estudo do comportamento e das funções mentais do indivíduo. O que talvez você não saiba é que o psicólogo faz muito mais do que psicoterapia. Para conhecer mais sobre esta profissão, as atribuições do psicólogo, áreas de atuação, mercado de trabalho e salários, confira a leitura deste artigo e fique por dentro!

O que o psicólogo faz?

A profissão é mais conhecida pela atuação clínica, principalmente em consultórios particulares. Nela, o profissional trabalha visando a guiar o paciente rumo à superação de traumas, medos e situações difíceis, sempre com base em métodos e técnicas científicas da profissão. A área de atendimento psicológico, que vai muito além do consultório, como você verá adiante, diz respeito à atuação assistencialdo profissional. No trabalho clínico, o psicólogo pode atender crianças, adolescentes ou adultos, de forma individual ou em grupos.

O psicólogo está também muito presente na área administrativa, em organizações, e de pesquisa, principalmente no meio acadêmico.

Podemos pensar que onde há gente, há espaço para o psicólogo atuar. Para se tornar um psicólogo, é necessário cursas graduação de 5 anos e estar credenciado ao Conselho Regional de Psicologia. Esta profissão exige estudo constante, e por ser uma área tão abrangente, é possível buscar a continuidade na formação através de pós-graduações.

Áreas de pós-graduação reconhecidas pelo Conselho Federal de Psicologia

As áreas de especialização reconhecidas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) são:

Psicologia Escolar/Educacional

O psicólogo escolar e educacional trabalha dentro do ambiente escolar, visando a melhoria do aprendizado, da relação entre aprendizes e educadores e entre escola e família. O psicólogo escolar e educacional é uma figura importante na inclusão de crianças com necessidades especiais, pois através da avaliação psicológica, ele pode orientar de forma eficaz a escola a respeito das potencialidades daquele aluno, promovendo melhores relações de convívio e aprendizagem. Este profissional pode também estar voltado para a área da pesquisa em relação ao tema. A média salarial por 33 horas semanais é de R$ 2.443,80.

Psicologia Organizacional e do Trabalho

Este profissional atua dentro das empresas e pode ter diferentes atuações: na área de recrutamento e seleção, aplicando métodos, técnicas e testes psicológicos e avaliando perfis profissionais; na segurança do trabalho ou como parte do departamento pessoal (DP), criando condições de trabalho que propiciem um clima adequado para os colaboradores. Independente de onde esteja dentro da empresa, o foco do profissional será em mediar a satisfação das necessidades da empresa e a qualidade de vida dos colaboradores. A média salarial para 40 horas semanais é de R$ 2.994,00.

Psicologia de Trânsito

Se você é habilitado, com certeza passou por um psicólogo do trânsito. A principal função deste profissional é aplicar métodos e técnicas como testes psicológicos para avaliar as condições que uma pessoa tem de conduzir um veículo. Ele também está envolvido no desenvolvimento de ações educativas para a segurança no trânsito. A média salarial por 37 horas semanais é de R$ 1.960,25.

veja também:
Conheça 28 profissões que dão dinheiro no Brasil

Psicologia Jurídica

O psicólogo jurídico está voltado para a promoção dos direitos humanos, prevenção de violência e outros tipos de violações de direitos. Ele pode fazer avaliações psicológicas para processos envolvendo crianças, adolescentes, pessoas com deficiência ou transtornos mentais, idosos e mulheres vítimas de violência. Ele trabalha em articulação direta com os serviços públicos que atendem este público. A média salarial para 33 horas semanais é de R$ 2.980,30.

Psicologia do Esporte

Este profissional estuda os fatores emocionais que influenciam no desempenho físico de atletas e como a prática do esporte influencia em seu desempenho psicológico. Geralmente, atua com equipes de alto desempenho, junto à comissão técnica. Contribui bastante também com a inserção de pessoas com deficiência na prática esportiva. A média salarial por 31 horas semanais é de R$ 3.074,08.

Psicologia Clínica

Esta é a área mais conhecida, como citamos no início do texto. O profissional desta área pode atuar em consultório particular ou em instituições, como centros de reabilitação e hospitais, fazendo o atendimento preventivo ou curativo. Além da psicoterapia, pode fazer grupos de arteterapia, atendimento de pais, casais ou atuar em conjunto com outros profissionais de saúde. A média salarial para 33 horas semanais é de R$ 2.559,00.

Psicologia Hospitalar

Este profissional atua dentro dos hospitais oferecendo apoio emocional aos pacientes e seus familiares, fortalecendo-os para lidar com o adoecimento e contribuindo para retomar a saúde. O psicólogo hospitalar trabalha também na interação com os demais profissionais do hospital, podendo discutir casos visando a melhor conduta ou ainda coordenando ou oferecendo treinamentos para as equipes. A média salarial por 34 horas semanais é de R$ 3.198,48.

Psicopedagogia

O psicopedagogo está voltado para o diagnóstico de dificuldades de aprendizagem, visando oferecer recursos para a escola e professores e assim, melhorar o desempenho do aluno e a relação entre ele e a escola. A média salarial é de R$ 2.276,00.

Psicomotricidade

O psicomotricista avalia e trata de bebês e crianças com atraso de desenvolvimento ou com algum tipo de deficiência. Atua também com idosos e equipes de reabilitação. O psicomotricista recebe em média R$ 60 por sessão.

Psicologia Social

O psicólogo social tem suas ações voltadas para a comunidade, através da execução de políticas públicas como saúde, educação, trabalho e assistência social. A média salarial para 35 horas semanais é de R$ 2.689,00.

Neuropsicologia

O neuropsicólogo avalia habilidades como memória, atenção, raciocínio e aprendizagem, além de desenvolver técnicas como jogos e livros que estimulem estas habilidades em pessoas com atraso de desenvolvimento ou sequelas em alguma destas áreas. A média salarial para 33 horas semanais é de R$ 2.866,43.

Psicologia da Saúde

A psicologia da saúde está voltada para a prevenção ou manutenção da saúde, através da união de diferentes habilidades presentes nas especializações acima, como a psicologia comunitária, clínica, hospitalar e escolar. A média salarial para 33 horas semanais é de R$ 2.559,00.

veja também:
Conheça 17 profissões na área de saúde e bem-estar

Como você viu, há muitas áreas a se escolher na hora de buscar uma especialização em psicologia. Para alcançar o título de especialista em uma destas áreas, há dois caminhos: matricular-se em um curso reconhecido pelo CFP ou, comprovando dois anos de atuação na área, prestar a prova que regularmente é promovida pelo CFP. Se aprovado, o profissional conquista o título de especialista naquela área.

A especialização é uma forma de aprimorar-se em uma das áreas, mas nem sempre é exigência para adentrar determinado cargo.

Mercado de trabalho para o psicólogo

Conceito da profissão de psicólogo

Como você deve imaginar neste ponto, há uma série de espaços onde o psicólogo pode atuar. Vamos destacar aqui os principais:

Setor público

A entrada do psicólogo na saúde, assistência social, escolas e poder judiciário pode ocorrer através de concurso público. Veja alguns exemplos de serviços públicos no qual o psicólog pode ser inserido:

  • Postos de saúde (Unidades Básicas de Saúde – UBS ou Estratégia Saúde da Família – ESF);
  • Centro de Atenção Psicocossocial (CAPS);
  • Escolas municipais;
  • Escolas estaduais;
  • CRAS – Centro de Referência em Assistência Social;
  • CREAS – Centro de Referência Especializada em Assistência Social.

Terceiro Setor

O terceiro setor é outro meio de atuar com políticas públicas. É possível adentrar ONGs (que podem ter parcerias com o setor público ou não) para executar serviços diversos, seja na saúde, educação, trabalho, assistência social ou esporte. É comum também encontrar psicólogos como coordenadores de serviços de ONGs. Conhecimento de legislação e gestão de projetos são diferenciais.

Setor privado

Nesta ampla área, o psicólogo pode trabalhar em:

  • Empresas;
  • Instituições de ensino;
  • Instituições de saúde;
  • Clínicas.

A entrada, em geral, se dá através de processo seletivo tradicional.

Trabalho autônomo

O psicólogo pode ter seu próprio consultório, trabalhando de forma autônoma, atendendo convênios ou de forma particular, ou até prestando consultorias sobre sua área.

Área acadêmica

O psicólogo pode estar presente na área acadêmica como docente e/ou pesquisador.

Aqui, você pode aprender mais sobre o que faz um psicólogo, suas atribuições, área de atuação e salários. Se este artigo foi útil para você, compartilhe-o nas redes sociais! Continue nos acompanhando para mais conteúdos como este. Até mais!