Objetivo profissional para currículo: saiba como escrever

Um bom currículo define a permanência do candidato no processo de seleção. É nesse pedaço de papel que o recrutador tem o primeiro (e talvez único) contato com você. Por isso preenchê-lo da maneira correta o coloca numa posição diferenciada em relação aos demais candidatos que não tiveram esse mesmo cuidado.

Entre os muitos itens a serem preenchidos em um currículo está o objetivo profissional. Apesar do nome, muitas pessoas não o encaram de maneira tão objetiva assim e cometem erros grotescos nesse quesito.

O “objetivo profissional” é a parte do seu currículo que irá demonstrar para o recrutador sua área de atuação e expectativas profissionais. De modo direto e sucinto, você deve demonstrar quais são suas verdadeiras intenções, digamos assim. Mas para não ter erro, confira algumas dicas de como elaborar esse item no seu currículo e aproveite para tomar nota de alguns modelos e se inspirar:

Dicas de como escrever o “objetivo profissional”

1. Seja…objetivo

Pode parecer óbvio, mas tem muita gente fazendo embromation nesse quesito. Um bom objetivo profissional deve ter no máximo duas linhas e demonstrar de modo claro e conciso aquilo que você pode e consegue oferecer para a empresa. Então, esqueça aquele texto que não diz nada com nada.

2. Escreva a área de atuação

Suas chances de chegar mais perto da vaga aumentam se colocar no seu objetivo profissional a área de atuação ao invés do cargo

3. Reveja sempre seu objetivo

Ao enviar o currículo adapte o objetivo profissional a vaga que a empresa está oferecendo. Um grande erro é manter esse campo sempre da mesma maneira e não ajustá-lo a necessidade de cada vaga. Convenhamos, que na verdade, o currículo todo sempre precisa ser revisado a cada novo envio.

4. Busque informações sobre a empresa

Causa boa impressão enviar um currículo personalizado para a empresa. Demonstra interesse. Você pode expressar isso no seu objetivo profissional com frases do tipo “quero atuar no apoio aos serviços jurídicos dentro de uma empresa que valorize a iniciativa de seus colaboradores”. Com essa frase você deixou claro para o recrutador que sabe da importância que a empresa dá a funcionários pró-ativos e com iniciativa. Contudo, o mesmo objetivo não seria adequado para uma empresa mais tradicional e conservadora.

5. Foque nas suas experiências

Uma alternativa interessante é mesclar seu objetivo com as suas experiências, demonstrando como elas podem agregar valor para o seu futuro profissional.

6. Não se preocupe com falta de experiências

Quem está em busca de um primeiro emprego, de uma vaga como aprendiz ou estagiário pode ter dificuldades em preencher o objetivo profissional por não ter uma experiência anterior. Mas não se preocupe com isso. No caso de um estágio você pode preencher esse item com “busco uma oportunidade na área de recursos humanos para desenvolver os conhecimentos que venho obtendo em minha formação” ou no caso de um aprendiz ou primeiro emprego “busco minha primeira experiência profissional como auxiliar administrativo”, por exemplo. Lembre-se sempre de adequar o objetivo à vaga.

veja também:
Currículo simples: saiba o que colocar e como fazer com modelos

7. Não seja clichê

Frases prontas e genéricas passam uma ideia de preguiça e falta de vontade em fazer o currículo. Sabe quando alguém quer terminar logo alguma coisa e não se preocupa com o resultado final? Fica assim seu currículo quando usa clichês. Exemplos de frases clichês em um objetivo profissional: “quero ajudar a empresa a crescer”, “buscar crescimento e conhecimento” e a “melhor” de todas “à procura de novos desafios”.

8. Tenha um objetivo

Alguns candidatos preferem preencher esse item como “à disposição da empresa” ou “à critério da empresa”. Será que alguém que escreve algo desse tipo sabe o que quer? Tem realmente um objetivo? Um profissional em cima do muro não costuma ser o preferido dos recrutadores.

9. Não minta

Honestidade é indispensável para o profissional. Seja qual for o item do currículo que estiver preenchendo seja sempre sincero. Em uma possível entrevista, o recrutador irá checar a veracidade das informações que você destacou no currículo.

Exemplos de objetivos profissionais para colocar no currículo

Possuo vasta experiência no segmento de varejo e almejo continuar nesse ramo, sempre atuando para ser o melhor profissional que puder

Estou em busca de novos desafios na área jurídica. Quero colaborar com o crescimento da companhia e fazer minha parte pelo bem da sociedade como um todo

Busco reposicionamento no mercado para trabalhar com qualidade e satisfação. Minha experiência acumulada na área da comunicação permite-me ser um funcionário dinâmico e adaptável a situações adversas

Busco colocar em prática o que aprendi durante a faculdade de pedagogia. Com isso, pretendo desenvolver minhas habilidades profissionais, contribuindo para o crescimento tanto da empresa quanto de minha própria carreira.

Desejo uma oportunidade para desenvolver meus talentos, os quais venho lapidando nos estudos e nos estágios pelos quais passei como na área da tecnologia e informação.

Desejo contribuir para que meus conhecimentos possam trazer benefícios e crescimento para a empresa, aprimorando também minhas habilidades profissionais como supervisor de vendas

Atuar no setor administrativo, visando amplificar meu conhecimento e desenvolvimento profissional e pessoal

Desejo uma oportunidade para aprimorar meu conhecimento na área contábil e crescer juntamente com a empresa

Procuro desafios profissionais que me proporcionem a entrada no mercado de trabalho, tendo como meta o desenvolvimento e a geração de resultados

Por meio da minha qualificação na área de recursos humanos e minha dedicação procuro contribuir para o crescimento desta instituição

Tenho como objetivos, crescer profissionalmente, exercer a minha função com excelência, zelando da integridade dos outros colaboradores, assim como incentivar o crescimento em equipe

Colaborar para o crescimento da empresa, bem como melhorar o ambiente de trabalho

Desejo trabalhar na empresa no cargo X e exercer minhas qualificações obtidas na minha graduação e experiência profissional anterior

Outras dicas importantes para terminar de escrever seu currículo

O currículo é um documento de apresentação do candidato à vaga. Deve ser analisado por completo e todos os itens são importantes para ajudar o recrutador a formar uma visão ampla do candidato em questão.

veja também:
32 perguntas para entrevista de emprego mais comuns

Por isso, você não deve se preocupar somente com as informações colocadas nele. Atente-se também para a apresentação visual do seu currículo. Utilize fontes de fácil leitura como Times New Roman ou Arial. O tamanho da letra não deve ser tão pequeno que dificulte a leitura nem tão grande que deixe seu currículo com cinco páginas. Procure deixar o tamanho da fonte entre 11 e 12.

Dê espaços entre os campos e os parágrafos com um espaçamento de 1,5. Isso cria um conforto visual e permite a rápida localização dos campos.

Organize o currículo pelos seus dados pessoais. Esses devem vir no topo e serem atualizados sempre que necessário. Revise esse campo com muita atenção para que não tenha erros de digitação, caso contrário o recrutador pode não conseguir falar com você. Deixe à disposição seus telefones, email, endereço e alguma página na internet que seja relevante para o trabalho.

Logo após preencha as informações referentes à sua formação acadêmica e suas últimas experiências profissionais, da mais recente para a mais distante. Cite o nome da empresa que trabalhou, o cargo, as funções que desempenhava e o tempo que permaneceu no local.

Você ainda pode mencionar se possui idiomas ou alguma habilidade especifica que seja importante para a vaga e que não está necessariamente relacionada à sua formação acadêmica. Também vale a pena destacar intercâmbios, viagens ao exterior ou trabalhos voluntários. Denomine esse campo como “atividades extracurriculares” .

Esperamos que com essas dicas você consiga preencher um currículo excepcional.