Profissional liberal e autônomo: o que é, diferenças e vantagens

Você já pensou em trabalhar como profissional liberal/autônomo? Para entender como funciona a atividade, separamos algumas informações neste post. Confira e verifique se o seu perfil se encaixa em algumas das profissões da área.

O que é um profissional liberal?

O profissional liberal trabalha por conta própria ou prestando serviços para outras empresas. Para atuar na área é necessário ter alguma formação acadêmica ou técnica em áreas específicas.

Por ter total autonomia, conhecimento e ferramentas de trabalho, o profissional liberal consegue atuar de forma independente. No entanto, as atividades exercidas devem ser regulamentadas e legalizadas.

Mas não adianta apenas ter formação, pois é preciso estar capacitado para exercer a função. Dessa forma, todo profissional liberal deve se responsabilizar pelo serviço prestado ou produto vendido.

O que é trabalho autônomo?

O profissional que trabalha como autônomo, exerce a função por conta própria. Por isso, desempenha uma atividade remunerada que não tem vínculo empregatício com nenhuma empresa.

O autônomo trabalha de forma independente, prestando serviço para alguma empresa ou pessoa física e possui independência financeira. Mas como não possui vínculo empregatício com o contratante, o profissional não recebe salário fixo.

A remuneração deve ser previamente estabelecida com o contratante. Para isso, o recomendado é fazer um contrato de serviço temporário com todas as informações dos serviços prestados e da forma de pagamento.

Quais as diferenças entre profissional liberal e autônomo

Profissional liberal e trabalho autônomo são comumente confundidos como a mesma atividade. Entretanto, na prática são funções completamente distintas. Por isso, é importante entender as diferenças entre elas.

Enquanto que o profissional liberal precisa ter uma formação acadêmica ou técnica para exercer a sua função, o autônomo pode oferece serviços e produtos sem nenhum conhecimento técnico ou vínculo empregatício.

Na questão tributária, o autônomo precisa recolher o ISS, o Imposto de Renda e INSS. No caso do profissional liberal vai depender do tipo de serviço prestado, mas de praxe precisa recolher o Imposto de Renda, PIS, INSS e ISS.

Quais as vantagens e desvantagens do profissional liberal e autônomo?

Tanto o profissional liberal quanto o autônomo possuem vantagens e desvantagens. Dessa forma, é importante entender cada uma delas para saber como funciona cada atividade antes de escolher a forma de trabalhar.

Vantagens do profissional liberal e autônomo

Uma das principais vantagens de ser um profissional liberal ou autônomo é a de ter autonomia para gerir seu próprio negócio. Por conta disso, é o profissional que organiza suas atividades diárias e determina com o que deseja trabalhar.

Como o profissional liberal ou autônomo trabalha por conta própria, não existe a pressão para ter um horário fixo de trabalho. Portanto, você pode em um determinado dia trabalhar por 12 horas e no outro tirar um dia de folga.

veja também:
Descubra 36 profissões para quem ama viajar sempre

Se você presta serviço pela internet, não sendo necessário encontrar clientes pessoalmente, pode viajar livremente enquanto trabalha. Atualmente, existem vários profissionais vivendo dessa forma.

Ao escolher trabalhar como profissional liberal ou autônomo você não precisa ficar correndo atrás de vagas no mercado de trabalho. Sendo assim, você consegue trabalhar na área que realmente escolheu de forma independente.

Muitas atividades autônomas ou de profissionais liberais podem ser exercidas de casa, sem ser necessário se deslocar até o trabalho. Com isso, você evita gastar com combustível, pode ter uma alimentação mais saudável e uma qualidade de vida.

Por trabalhar por conta própria tanto o profissional liberal como o autônomo tem a possibilidade de atender vários clientes ao mesmo tempo. Logo, consegue aumentar seu lucros e ganhos.

Desvantagens do profissional liberal e autônomo

Por ter que trabalhar por conta própria, o profissional liberal ou autônomo acaba acumulando funções. Além de exercer a sua atividade, ainda tem que administrar o negócio, fazer marketing, captar clientes, entre outros trabalhos.

Outra grande desvantagem para trabalhar como profissional liberal ou autônomo é que você deve assumir sozinho, os impostos e encargos da atividade. Sendo funcionário de alguma empresa, esses impostos são divididos com o contratante.

Como o profissional liberal ou autônomo atua de forma independente, nem sempre pode contar com uma quantia fixa por mês, já que depende do pagamento dos clientes. Portanto, a remuneração vai dependente da sua produtividade.

O profissional liberal ou autônomo não possui férias pré-determinadas, visto que depende de sua produtividade para receber o seu “salário”. Por isso, muitos deles acabam trabalhando sem descanso.

Dependendo da atividade exercida, o autônomo e profissional liberal não tem proteção da legislação trabalhista. Portanto, se o serviço não tiver contrato válido, o profissional pode sair perdendo caso o cliente não cumpra com o prometido.

Para ter direito a aposentadoria, tanto o autônomo quanto o profissional liberal precisam pagar um plano de previdência. Dessa forma, é importante separar uma quantia mensal para esse custo.

Quais as profissões podem ser exercidas por um profissional liberal?

  • Administrador
  • Advogado
  • Agrônomo
  • Analista de Sistema
  • Arqueólogo
  • Arquiteto
  • Assistente Social
  • Bibliotecário
  • Biólogo
  • Biomédico
  • Botânico
  • Bioquímico
  • Contador
  • Dentista
  • Economista
  • Enfermeiro
  • Engenheiro
  • Estatístico
  • Farmacêutico
  • Físico
  • Fisioterapeuta
  • Geólogo
  • Historiador
  • Jornalista
  • Médico
  • Médico Veterinário
  • Nutricionista
  • Professor
  • Psicólogo
  • Relações Públicas
  • Sociólogo
  • Tradutor e Intérprete

Quais atividades são exercidas de forma autônoma

  • Aulas particulares de alguma disciplina
  • Coach pessoal e profissional
  • Vendedor de doces e salgados
  • Escritor de convites
  • Cuidador de pets
  • Manutenção de computadores
  • Babá
  • Diarista
  • Organizador de festas
  • Webdesign
  • Redator
  • Blogueiro
  • Motorista
  • Escritor
  • Marketing Digital
  • Artesão
  • Artista
veja também:
O que faz um psicólogo: as atribuições dessa profissão

Como ter sucesso como profissional liberal e autônomo

Entenda quais os pontos precisam ser desenvolvidos e trabalhados para obter sucesso como profissional liberal e autônomo.

Amplie seu conhecimento

O profissional liberal e autônomo precisa investir constantemente em conhecimento, já que o seu trabalho é que determina que você esteja apto a exercer a função. Para os que desejam empreender, estudar sobre marketing e gestão é fundamental.

Faça networking

Para conquistar clientes é importante formar uma rede de contatos. Nesse caso, é fundamental estar em contato com outros profissionais da área, antigos professores e colegas de trabalho.

Ser resiliente

Cada serviço prestado pelo profissional liberal e autônomo pode ter variações, adversidades e mudanças. Para lidar com cada situação é preciso ter resiliência para entender que existem problemas e que eles não podem impedir que você continue tentando sempre.

Assuma os riscos da profissão

Todo profissional liberal e autônomo precisa assumir os riscos da profissão como é o caso dos rendimentos que dependem, exclusivamente, de sua produtividade. Sendo, aprenda sobre gestão para deixar as finanças nos eixos.

Pense a longo prazo

O sucesso na carreira do profissional liberal e autônomo não é da noite para o dia. Dessa forma, é fundamental ter uma visão a longo prazo dos seus negócios, algo em torno de 5 a 10 anos.

Defina as estratégias para alcançar sucesso

Todo profissional precisa desenvolver estratégias para alcançar suas metas. Sendo assim, você deve saber aonde quer chegar e definir o caminho que precisa percorrer para chegar no objetivo.

Controle todos os custos

Como o autônomo e profissional liberal dependem exclusivamente de sua produtividade para obter rendimentos, você precisa ter controle sobre os custos do negócio. Por isso, sempre considere o que pode ser feito para reduzir os custos, sem necessariamente perder a qualidade dos serviços prestados.

Agora que você já sabe tudo sobre a carreira do profissional liberal/autônomo, veja com qual dessas atividades você mais se identifica. Depois é só divulgar o seu trabalho e conquistar clientes para o negócio.