Redação para entrevista de emprego: como sair na frente no processo seletivo

Você sabia que algumas empresas pedem redação no processo de seleção para uma nova vaga de emprego? Você já fez alguma? Quer se preparar, caso este desafio surja? Então, acompanhe a leitura deste artigo! Trouxemos esclarecimentos sobre o que se espera de um candidato, dicas de como escrever e até um modelo de redação pronta para entrevista. Confira!

A redação pode ser seu diferencial

Segundo o IBGE, o desemprego atinge hoje 12,5 milhões de brasileiros. (Re) colocar-se no mercado de trabalho não está fácil, e para conseguir a desejada vaga de emprego, é preciso oferecer algum diferencial.

Por que não se capacitar para uma boa escrita? É comum que a redação seja parte do processo de seleção em muitas empresas. Preparar-se para este momento pode ser o passo a mais para conquistar sua vaga.

Mas, por que pedir redação?

O que alguns candidatos podem se questionar é o porquê de a empresa pedir a redação, mesmo para cargos que não exijam tanto da escrita.

Ocorre que, através da redação, o recrutador pode avaliar a personalidade do candidato, assim como competências como capacidade argumentativa, coerência e domínio da língua portuguesa.

Tipo de redação em entrevista de emprego

Redação para entrevista de emprego dicas

O tipo de redação que comumente é pedida nas entrevistas de emprego é a dissertação. A dissertação é a exposição de ideias, a discussão de um tema de forma ordenada, com começo, meio e fim. Os tipos mais comuns de dissertação são:

1. Expositiva

Aquele texto onde são apresentados fatos, como em uma notícia de jornal. São utilizados dados, citações e referências para evidenciar o conteúdo. Aqui, não há exposição de opinião.

2. Argumentativa

Neste tipo de dissertação, são apresentadas opiniões do autor através de argumentos. A discussão do tema no texto é feita de forma crítica, analítica.

3. Mista

Como o nome já diz, este estilo de escrita mistura as duas primeiras. Através da exposição de um fato, é possível fazer uma análise crítica sob o ponto de vista do autor.

É possível que a redação proposta não especifique qual tipo de dissertação é desejada, mas o tipo misto é vantajoso, pois demonstra o conhecimento de fatos e, ao mesmo tempo, apresenta a capacidade argumentativa do candidato.

Temas comuns pedidos das redações

Os temas solicitados na redação em uma entrevista de emprego podem ser os mais diversos, mas alguns deles são bastante comuns, como estes:

Quem sou eu?

O tema deredação “quem sou eu” é comum, e o que pode ser abordado aqui é a trajetória profissional do candidato: suas experiências, metas e objetivos para o futuro. É possível apresentar alguns pontos da vida pessoal, mas este não deve ser o foco. Afinal, são suas habilidades profissionais que estão em jogo.

A empresa

É de praxe que o candidato faça a lição de casa de estudar um pouco sobre a empresa à qual se candidatou: sua missão, visão, objetivos, etc. É possível abordar fatos, falar sobre a trajetória da empresa, seus produtos e serviços.

Vida profissional

Este tema pode ser a sua chance de falar em maiores detalhes sobre habilidades e experiências que não estejam no currículo. Evite retomar os pontos já presentes no currículo, busque acrescentar dados novos.

E se for tema livre, sobre o que escrever?

Em caso de tema livre, o candidato tem chance de abordar um tema que domine e que seja relevante para apresentar seu potencial como candidato à vaga. Por exemplo, em uma redação para entrevista de telemarketing, temas ligados a habilidades interpessoais, como comunicação, são bem vindos. Outro tema possível é a redação sobre oportunidade de empregoou sobre a relação entre funcionário e líder.

Brainstorming: chuva de ideias

Com o tema definido, o próximo passo é fazer um esquema do conteúdo que vai compor o texto. Faça uma lista com todas as ideias que vierem à mente, de forma livre, para que posteriormente elas entrem no texto.

Estrutura textual de uma boa redação

Chegamos à etapa de construção da redação. É importante que ela siga uma estrutura de título, introdução, desenvolvimento e conclusão. Veja o que escrever em cada parte:

1. Título

É importante que o título contenha o tema central da redação e ao mesmo tempo seja convidativo para a leitura.

2. Introdução

O primeiro parágrafo do texto deve ser dedicado à introdução. Há várias formas de fazê-la, mas o importante é que ela apresente brevemente o tema principal que será argumentado.

Uma maneira de introduzir o tema é através de perguntas que serão respondidas ao longo do texto, como foi feito neste artigo que você lê agora.

Outra possibilidade é apresentar comparações entre fatos. Por exemplo, se o tema da redação for desemprego, é possível dizer que: “Segundo o IBGE, a taxa de desemprego do Brasil é de 11% da população, mas ganha de países como África do Sul e Espanha, onde o índice de desemprego é de 26 e 19%.” Claro que, para este tipo de argumento, é importante basear-se em dados reais, não criados da cabeça do autor.

Por último, é possível iniciar o texto com um dado histórico. Também neste caso é importante fundamentar-se em uma fonte de dado, para não correr o risco de criar notícia falsa.

3. Desenvolvimento

Após o parágrafo de introdução, vem o desenvolvimento do tema, ou seja, da ideia central do texto. Se você acumulou dois argumentos para sua ideia no esquema elaborado anteriormente, por exemplo, é possível discorrer sobre cada um deles em um parágrafo diferente.

4. Conclusão

Este é o último parágrafo de sua redação. Nele, deve haver um encerramento, com um breve resumo do que foi abordado. É importante, neste momento, conferir se o que foi abordado no título e na introdução foi realmente desenvolvido. É importantíssimo que a ideia apresentada da conclusão esteja de acordo com o restante do texto.

Qual o tamanho da redação?

A redação para entrevista de emprego costuma ter entre 20 e 30 linhas, distribuídas em aproximadamente 4 parágrafos, conforme a estrutura apresentada anteriormente. Evite usar letra muito grande em poucas linhas, pois isto pode ser mal visto pelo recrutador, ao parecer que o candidato não quis escrever muito.

Outro ponto importante: para uma redação para entrevista de emprego,rascunhoé fundamental. Assim, quando passar a limpo, o texto já estará adequadamente estruturado, sem rasuras.

O que não fazer não fazer em uma redação?

É importante também atentar-se para o que não fazer. Aqui vão algumas dicas do que evitar na redação de entrevista de emprego:

  • Gírias
  • Abreviações
  • Estrangeirismos (prefira palavras em português)
  • Repetição da mesma palavra várias vezes no texto
  • Redundância
  • Frases muito longas

Conclusão

Uma dica importante: pratique. Monte em exemplo de redação para entrevista de empregopara você, colocando em prática os pontos apresentados aqui. Assim, quando você se deparar com este desafio, já terá uma redação deentrevista de emprego prontaem sua cabeça. É possível, por exemplo, já ir com o esquema de uma redação pronta “quem sou eu” para entrevista de emprego.

E aí, gostou deste artigo? Aqui, você ficou por dentro de tudo o que precisa saber para ter um ótimo desempenho na redação para entrevista de emprego.