Referências bibliográficas ABNT: tudo o que você precisa saber

Ao se elaborar um trabalho acadêmico, seja um trabalho de conclusão de concurso (TCC), um artigo ou uma monografia, quase tão importante quanto o conteúdo é o referenciamento bibliográfico adequado. Isto porque omitir um autor consultado é plágio, o que pode gerar sérios problemas futuros, como a reprovação, para dizer o mínimo.  Porém, para fazer a referência no formato adequado, é preciso atentar-se às normas seguidas pela instituição de ensino, que na maioria das vezes são as normas da ABNT. Não sabe como fazê-las? Então acompanhe a leitura deste artigo e descubra o que precisa saber para fazer as referências ABNT 2019/2020.

Neste artigo, você vai ler:

  1. A ABNT
  2. O que são referências
  3. O que deve ser referenciado
  4. Formatação da referência
  5. Referência de livros
  6. Referências de outros tipos de publicações
  7. Referências bibliográficas online
  8. Referências bibliográficas ABNT no Word
  9. Outras regras da ABNT para se atentar
  10. Conclusão

1. A ABNT

A ABNT, sigla para Associação Brasileira de Normas Técnicas, é um órgão regulador para a produção de diversos bens e serviços, inclusive para a confecção de trabalhos científicos e acadêmicos. A ABNT regula, através de normas técnicas brasileiras, as NBRs, como o trabalho deve ser redigido e formatado, orientando sobre qual fonte e tamanho devem ser usados, margens, parágrafo, espaçamento entre linhas, quais são as partes de um trabalho acadêmico, como fazer citações e referência de autores e obras consultadas. Para aprender a ordem das referências ABNT, o que colocar e como formatar, confira a seguir.

2. O que são referências?

Segundo a própria ABNT, referência é um “conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual”. Portanto, assim como uma ficha bibliográfica, a referência é um conjunto de informações sobre a obra consultada, como nome do autor, título, ano, editora e local. Assim, com esta documentação bibliográfica, se possibilita que outras pessoas encontrem o material pesquisado.

Estas informações podem ser relativas a livros consultados, mas também de artigos publicados, teses de mestrado ou doutorado. Além das consultas a materiais escritos, que se constituem como a referência bibliográfica, é necessário citar até obras de imagem em movimento, como vídeos do Youtube, palestras ou documentários.

Ao fazer qualquer trabalho de cunho acadêmico e científico, partimos do pressuposto de uma pesquisa prévia para conhecer o que já foi estudado sobre o tema que o pesquisador se propõe a abordar. Por isso, é necessário que haja um campo no trabalho, após a conclusão, onde estejam concentradas as referências usadas, segundo as normas ABNT.

A NBR da ABNT que regula as referências bibliográficas é a 6023:2002, mas ainda é a válida até hoje. Portanto, ao pesquisar por referências ABNT 2017, referências bibliográficas ABNT 2018 ou 2019, você encontrará as mesmas normas que abordaremos aqui.

3. O que deve ser referenciado

Ao realizar a pesquisa para confeccionar seu trabalho, não é necessariamente tudo que deve virar referência bibliográfica. Se você apenas leu ou consultou, mas não citou a obra no trabalho, não há necessidade de referenciá-la.

4. Formatação da referência

Assim como o restante do conteúdo do trabalho acadêmico, as referências devem respeitar uma determinada formatação. Ela irá aparecer como um elemento pós-textual, após a conclusão, contendo, como título, a palavra “REFERÊNCIAS”, em letra maiúscula, em negrito e centralizada, desta forma:

A fonte usada deverá ser a mesma das demais partes do trabalho. É possível escolher a fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12.

A ordem dos elementos ao citar um livro é a seguinte:

SOBRENOME DO AUTOR, Nome Abreviado. Título: subtítulo (se houver). Edição. Local de publicação: Editora, ano de publicação da obra.

No exemplo acima de referência de livro, inicia-se com o sobrenome do autor em caixa alta. Para autor com mais que um sobrenome, utiliza-se o último. O primeiro nome do autor pode ser digitado por extenso ou abreviado, após o sobrenome, separado por vírgula.

Após um ponto, o título deve aparecer, de acordo com as referências ABNT, em negrito. Porém, se houver subtítulo, ele deve aparecer sem o negrito após dois pontos (:). Após o título ou subtítulo, coloca-se um ponto e o número da edição. Em seguida, coloca-se o local (cidade).

Se for o caso de cidade homônima em outro estado, coloca-se a sigla do estado. Por exemplo, Pinhalzinho é o nome de uma cidade no estado de São Paulo e de Santa Catarina. Neste caso, a sigla do estado deverá aparecer após a cidade. Após o local, coloca-se dois pontos, o nome da editora e o ano de publicação.

A referência deve aparecer em ordem alfabética de acordo com o sobrenome do autor, e o alinhamento deve ser à esquerda. Com o texto da referência selecionado, clique na caixa de alinhamento à esquerda, conforme imagem abaixo:

Outro ponto importante sobre a formatação das referências diz respeito ao recuo de parágrafo. No texto do trabalho acadêmico, em introdução, desenvolvimento e conclusão, o recuo do parágrafo deve ser de 1,25. Contudo, para a referência não é usado recuo de parágrafo, como você pode observar na imagem acima. A respeito do espaçamento entre linhas, utiliza-se o espaçamento simples, com um espaço simples entre uma referência e outra:

Entenda agora como fazer diferentes tipos de referência bibliográfica e exemplos.

5. Referência de livros

Os livros são, em geral, a principal fonte de consulta para um trabalho acadêmico. Para referenciar uma obra de um autor, siga o padrão apresentado anteriormente. Por exemplo:

AZEVEDO, B.H. Crise Pseudoepilética. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2011.

Em caso de livro escrito por até três autores, siga o padrão (sobrenome em letra maiúscula, iniciais dos demais nomes com ponto final) e separe-os com ponto e vírgula (;). Assim:

DHALKE, R.; DHALKE, M.; ZAHN, V. A Saúde da Mulher: Significado, Interpretação e Perspectivas das Doenças Femininas. São Paulo: Cultrix, 1999.

Para livros com quatro autores ou mais, a referência de acordo com a ABNT prevê que apenas um autor seja apresentado, seguido da expressão em latim et al, que representa que há outros autores responsáveis pela publicação. Fica assim:

PINHEIRO, R.M. et al. Comportamento do Consumidor. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2011.

Para obras de autoria de uma entidade ou órgão, este aparece no lugar do nome do autor. Veja:

BRASIL, Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Código de Trânsito Brasileiro (CTB).Lei Nº 9.503 de 23 de Setembro de 1997. Brasília: 1997.

Caso apenas um capítulo da obra tenha sido consultado e citado, é possível coloca-lo nas referências:

DHALKE, R.; DHALKE, M.; ZAHN, V. A Saúde da Mulher: Significado, Interpretação e Perspectivas das Doenças Femininas. São Paulo: Cultrix, 1999. Cap. 12, p.286-293.

Como falamos no início, é necessário apresentar nas referências os autores citados durante o trabalho.

6. Referências de outros tipos de publicações

Além de livro, há outras publicações que podem ser consultadas, como artigos, teses, monografias, etc. As referências sofrem algumas alterações em relação àquelas usadas para livros. Veja, por exemplo, como deve ser a referência de periódico:

SOBRENOME. Título do artigo: Subtítulo do artigo (se houver). Título do periódico em negrito, Local, Volume, Número, Páginas, mês. Ano.

Veja um exemplo:

LACOMBE, B. M. B.; ALBUQUERQUE, L. G. Avaliação e mensuração de resultados em gestão de pessoas: um estudo com as maiores empresas instaladas no Brasil. Revista Adm., São Paulo, v. 43, n.1, p 5-16, mar. 2008.

Note que a palavra “volume” pode ser abreviada. Já teses e dissertações devem ser descritas no seguinte formato:

AUTOR. Título: subtítulo (se houver). Ano de apresentação. Número de folhas ou volumes. Categoria (Grau e área de concentração) – Instituição, local.

Exemplo:

LEITE, N. R. P. Comprometimento e gestão de pessoas em empresas brasileiras com estruturas organizacionais remotas. 2008.270 p. Programa de Pós-Graduação em Administração. (Tese de Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

É possível ainda que você feito, em seu trabalho, uma citação de uma citação. Ela pode ocorrer quando, ao estudar um determinado autor, ele cita algo relevante (também para seu trabalho) de um terceiro autor. Para referenciar este tipo de citação, siga o seguinte padrão:

ORIGINAL, Autor. Título do livro original em negrito. Cidade: Editora, 2011 apud

CITANTE, Autor. Título do livro onde a citação original foi encontrada. Cidade: Editora, 2017.

Parece muito trabalho, não é? É inegável que, para fazer a formatação correta de seu trabalho acadêmico, é preciso estar bastante atento a estas regras. Mas saiba que é possível recorrer a sites e aplicativos para auxiliá-lo.

7. Referências bibliográficas online

As referências podem ser digitadas manualmente, mas também podem ser registradas com o auxílio de sites próprios para este fim. Alguns exemplos são o Mettzer, o FastFormat, o Menthor e o More. Este último é um site da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no qual basta realizar um cadastro para utilizar. O usuário pode selecionar sua referência de uma lista ou até incluir o material consultado no banco de dados.

A má notícia é que alguns destes sites são pagos. Outra opção (gratuita) é recorrer a sites e preencher as informações do livro, e com o clique ter a referência digitada corretamente, como o site deste link.

Outra opção ao usuário é utilizar uma ferramenta automatizada do Word. Para saber como, veja a seguir.

8. Referências bibliográficas ABNT no Word

Se você quiser adicionar as normas da NBR 6023 para referências no seu programa Word, também é possível e gratuito.

Basta baixa a NBR 6023. O caminho para a instalação é: C:\ -> Arquivos de Programas (x86) -> Microsoft Office -> Office 14 – > Bibliography > Style. Cole o arquivo baixado nesta página.

Outro caminho é pressionando Windows+R, digite %APPDATA% e dê ok. Uma janela de uma pasta chamada Roaming será aberta.Clique em Microsoft -> Bibliography -> Style e cole o arquivo.

Em qualquer um dos caminhos, feche o Word e reabra. Para utilizar a norma da ABNT, clique no topo da página do Word em Referências. Em seguida, selecione a opção NBR 6023 na aba “Estilo” sobre a opção bibliografia, conforme a imagem abaixo:

Clique em “inserir Citação” -> “adicionar nova fonte bibliográfica…”. Você verá que terá a opção para selecionar o tipo de publicação:

Basta preencher os campos na nova janela aberta para gerar sua referência de acordo com as normas da ABNT.

9. Outras regras da ABNT para se atentar

Além das orientações para fazer as referências, como falamos aqui em detalhes, é importante atentar-se para outras normas da ABNT, como as citações de outros autores. As citações podem ser diretas, indiretas ou citação da citação.

As citações diretas são reproduções exatas, entre aspas duplas, do que foi dito por um autor consultado. Evidentemente, é preciso explicitar que o trecho foi copiado, e isso é feito com o sobrenome do autor e o ano entre parênteses.

Nas citações indiretas, o pesquisador usa suas próprias palavras para expressar a ideia do autor pesquisado. Neste caso, também se deve mencionar que aquela ideia é de outra pessoa, citando o sobrenome do autor e o ano entre parênteses.

A citação da citação, como já dissemos anteriormente, é quando o pesquisador, em seu estudo, se depara com uma ideia de um terceiro autor ao estudar uma obra, mas não encontra o trabalho original, e por isso faz uma referência através do autor pesquisado.

Seja qual for o tipo de citação, além de apresentar o sobrenome do autor e ano da obra no decorrer do trabalho, o material consultado deverá constar também nas referências bibliográficas.

Para mais dicas sobre formatação ABNT, confira nosso guia de formatação e poupe horas perdidas com edição de trabalhos acadêmicos.

10. Conclusão

Neste artigo, você aprendeu como o que são referências, quais são as normas da ABNT para referências bibliográficas e como formatá-las. Para mais dicas sobre a vida acadêmica, profissional e carreira, continue em nossa página.