Sites de pesquisa acadêmica: em quais confiar?

Trabalhos acadêmicos normalmente são bastante cansativos, principalmente por conta de toda parte de pesquisa, escrita, desenvolvimento de ideias, devendo tudo ser embasado em outros artigos e trabalhos de pessoas que já passaram por algo parecido. Por isso, quando procuramos lugares confiáveis para encontrar artigos de boa reputação, precisamos tomar bastante cuidado. Continue acompanhando para saber em quais sites de pesquisa acadêmica confiar!

Sites de pesquisa acadêmica: as principais fontes de pesquisa científica!

Decidir qual será o caminho para escrever um trabalho de iniciação científica, de conclusão de curso, tese para mestrado ou doutorado, enfim, normalmente se mostra uma grande dificuldade na vida do estudante.

Saber por onde dar o “ponta pé inicial” pode ser uma grande dificuldade, mas, a produção do trabalho em si, também pode assustar, principalmente por tomar grande parte do tempo do estudante com muita pesquisa em sites, livros, artigos, revistas e outras ferramentas que o estudante pode usar para fundamentar o seu trabalho.

Seria incrivelmente reconfortante saber que existem sites de artigos científicos que tornam tais pesquisas algo muito mais fácil, não é? Então acompanhe as principais fontes de pesquisa científica da internet.

Sites acadêmicos confiáveis: descubra algumas fontes confiáveis para pesquisa

Abaixo encontra-se uma lista com as principais fontes confiáveis para pesquisa e os sites acadêmicos confiáveis listados e mais acessados:

  • SciELO (Scientific Electronic Library Online);
  • Google Acadêmico (Google Scholar);
  • ERIC (Educational Resources Information Center);
  • Portal Periódicos (Portal da CAPES);
  • BDTD (Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações);
  • gov (Portal em Inglês e Espanhol).

Cada site funciona de maneira diferente, por isso, é importante explorar bem as opções de sites de pesquisas científica. Abaixo você encontrará uma breve descrição de cada um deles para que você mesmo tire a sua conclusão sobre quais sites usar e quais não usar. Lembrando que todos são bastante confiáveis e servem perfeitamente para pesquisas acadêmicas.

SciELO Acadêmico (Scientific Electronic Library Online)

O SciELO Acadêmico (http://www.scielo.br/), sigla para Scientific Electronic Library Online, é uma verdadeira biblioteca digital com diversos artigos e periódicos nacionais e estrangeiros, e armazena um grande acervo de conteúdo para pesquisa acadêmica.

O SciELO foi criado pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) em parceria com a BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informações em Ciências da Saúde). A ferramenta do SciELO pesquisa conta com o apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Não é à toa que a SciELO é uma das principais fontes de pesquisa científica na américa, como também, um dos sites de pesquisa científica em saúde mais respeitados. A sua funcionalidade é bastante simples e objetiva, existindo três modos de pesquisa:

  • Pesquisa por periódicos (com lista em ordem alfabética, lista por assunto ou pesquisa por títulos);
  • Pesquisa por Artigos (com índice de autores, assuntos e pesquisa de artigos);
  • Pesquisa por Relatórios (com função de uso no site, estatísticas de publicação, citações de revistas e coautoria).
veja também:
Pesquisa exploratória: o que é? qual o seu uso e dicas sobre o assunto

Com tal interface simples e rápida, as pesquisas acadêmicas deixam de se tornar um terror.

Google Acadêmico (Google Scholar)

Talvez esta ferramenta seja a mais conhecida entre os estudantes nos dias atuais e, inclusive, muitos professores recomendam tal instrumento de pesquisa para trabalhos acadêmicos e científicos. Surgindo em 2004, o Google Acadêmico (https://scholar.google.com.br/) ganha espaço pela sua praticidade e interface simples, muito semelhante a própria interface de pesquisa do Google Pesquisas.

Com o Google Acadêmico o estudante tem acesso a vários sites de pesquisa científica, da mesma maneira que também tem um fácil acesso a artigos e periódicos, encontrando em sua busca artigos de formandos e pesquisadores, todos em formatos confiáveis com suas devidas fontes e embasamentos explícitos no artigo ou trabalho.

Diferenciais do Google Acadêmico:

  • Interface familiar, muito semelhante ao site de pesquisa do Google;
  • Arquivos em PDF de pesquisadores em diversos assuntos;
  • Sites acadêmicos específicos sobre certos assuntos;
  • Vínculo com uma conta Gmail, tornado fácil a retomada de pesquisa e arquivos.

A Google Scholar é ótima para pessoas que já tem uma familiaridade com as pesquisas padrões do Google.

ERIC (Educational Resources Information Center)

A ferramenta de pesquisa ERIC (https://eric.ed.gov/), sigla para Educational Resources Information Center, é uma ferramenta americana desenvolvida pelo Departamento de Educação dos EUA. Por isso, caso os pesquisadores não tenham o mínimo de inglês para as pesquisas e traduções, o site de fato não será tão agradável ou interessante.

Entretanto, o ERIC é um dos sites de pesquisa científica mais modernos atualmente, por isso, vale a pena que o estudante teste usar suas ferramentas. Elas são bastante intuitivas e confortáveis, com modos de pesquisas bastante eficientes, como por exemplo:

  • Busca por artigos reunidos no próprio acervo particular do site;
  • Surfar pelas infindáveis fontes confiáveis para pesquisa no acervo do site.

Os modos de pesquisa encontrados no site mostram diferentes tipos de filtros para auxiliar a navegação na hora da pesquisa. Como por exemplo:

  • Data de publicação;
  • Assuntos específicos;
  • Autores, etc.

Com isso, provavelmente o ERIC pode ser considerado uma das principais fontes de pesquisa científica, por toda a américa.

Portal Periódicos (Portal da CAPES)

O Portal Periódicos (http://www.periodicos.capes.gov.br/), é uma ferramenta de pesquisa desenvolvida pela CAPES, sigla para Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Este site possui tecnicamente duas versões para uso acadêmico, que são:

  • Versão gratuita com conteúdo limitado para pesquisa acadêmica;
  • Versão exclusiva para instituições universitárias com acesso ilimitado dentro do IP fornecido pela universidade.

Sendo assim, a plataforma oferece uma versão gratuita com algumas restrições e outra exclusiva para as universidades filiadas. Consequentemente, o estudante deve se informar em sua instituição de ensino, se ela possui ou não acesso ao Portal Periódicos. Caso positivo, o Portal Periódicos é um dos sites de pesquisa científica mais confiáveis no mercado.

Seu método de pesquisa é dinâmico e possui uma roupagem muito acolhedora e moderna, tornando o trabalho de pesquisa muito mais confortável e amigável aos olhos. Seus métodos de busca são por:

  • Assunto;
  • Periódicos;
  • Livros;
  • Base de dados.
veja também:
Dificuldade em entender a estrutura do TCC? Explicamos!

Além de apresentar diferentes tipos de notícias e assuntos, o site também apresenta o seu conteúdo de forma bastante clara, além de possui diversos filtros para auxiliar o pesquisador a encontrar o assunto desejado mais facilmente.

BDTD (Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertação)

O BDTD (http://bdtd.ibict.br/vufind/), sigla para Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertação, é uma ferramenta que foi trabalhada pela IBICT, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e, provavelmente, é um dos sites acadêmicos confiáveis mais acessados. Seu acervo incorpora diversas universidades a seu banco de dados, integrando uma grande variedade de trabalhos acadêmicos.

Com uma fonte extensa de trabalhos, dissertações e teses, o BDTD possui uma interface muito amigável e intuitiva, tornando fácil a pesquisa acadêmica. Além de ter um recurso de busca bastante prático. Alguns de seus diferenciais são:

  • Mostrar a data de defesa da tese;
  • Acesso integral aos textos;
  • Refinamento com filtros claros;
  • Filtros avançados para conectar autores e assuntos.

Entre as fontes confiáveis para pesquisa, o BDTD também é uma ferramenta de pesquisa acadêmica muito confiável.

Science.gov (Portal em Inglês e Espanhol)

Uma boa opção para sites de pesquisa científica em saúde e afins é o Science.gov (https://ciencia.science.gov/). Trata-se de uma plataforma que se originou de uma iniciativa que integra mais de 60 bases de dados, como também mais de 2.200 sites governamentais nos EUA e Europa. O site possui duas versões: uma totalmente em inglês e outra em espanhol (o que provavelmente torna a pesquisa para brasileiros mais acessíveis).

O poderoso motor de pesquisa do Science.gov “despolui” a página de busca, refinando os melhores portais e bancos de dados, tanto nos EUA, quanto em países da Europa. O motor de pesquisa é tão eficiente que possui tradução para ambos os idiomas: inglês e o espanhol. As principais funções que diferenciam o Science.gov são:

  • Seu motor de pesquisa refinado que não apenas busca, mas refina a pesquisa, deixando apenas os sites e dados mais relevantes;
  • Sua tradução para dois idiomas;
  • Um grande acervo de base de dados e informações de sites governamentais.

Entre os sites de artigos científicos, o Science.gov é um dos que mais se destaca em potencial de pesquisa.

Gostou das dicas? Não deixe de curtir, compartilhar e comentar sobre quais sites você mais gosta de consultar para realizar a sua pesquisa acadêmica!