Aprenda a usar a função PROCV/VLOOKUP no Excel

O Excel é a ferramenta de criação e edição de planilhas mais popular do mundo. Repleta de recursos que envolvem matemática financeira e análise de dados, a ferramenta é acessível para todo o tipo de usuário, do iniciante ao mais avançado.

Dessa maneira, quanto mais se conhece os recursos disponíveis no Excel, mais proveito se tira dos seus recursos e mais tempo e energia se economiza na hora de criar e analisar planilhas de dados.

Um recurso disponível na ferramenta muito pouco utilizado por boa parte dos usuários é o PROCV (ou em inglês VLOOKUP). Isso porque ele parece ser um recurso complicado de ser utilizado a princípio. Mas a partir do momento em que se entende o seu propósito e a sua linguagem, ele se torna um verdadeiro aliado dos profissionais que lidam com planilhas complexas.

No post de hoje, vamos te mostrar os usos da função PROCV e como utilizá-la nas suas planilhas do Excel. Confira!

O que é o PROCV/VLOOKUP?

Embora tenha uma denominação diferente, PROCV significa simplesmente “procura vertical”, com a mesma correspondência na sua versão em inglês. Dessa maneira, ele é uma ferramenta de busca que pode ser utilizada para realizar pesquisas de itens específicos ou valores em linhas de uma tabela.

O Excel é uma ferramenta que permite uma infinidade de possibilidades de tabelas e gráficos. Ao mesmo tempo, a sua estrutura básica é extremamente simples: como num plano cartesiano, temos espaços verticais (as colunas) e os espaços horizontais (linhas) onde inserimos valores ou informações pertinentes ao tipo de planilha que desejamos criar. Assim, podemos criar desde tabelas simples até as mais complexas, de acordo com as nossas necessidades.

Se você possui uma tabela de média ou alta complexidade e deseja procurar as ocorrências onde um valor específico apareceu de uma forma rápida e eficaz, a função PROCV pode te ajudar muito.

A sintaxe do PROCV/VLOOKUP

Assim como os demais recursos do Excel, o PROCV possui uma função específica, escrita com uma série de códigos que constituem uma linguagem própria para a sua utilização. É inclusive esta linguagem que parece complicada que faz com que muitas pessoas não se sintam muito à vontade para aprender a utilizar o recurso.

No entanto, após entender a estrutura, o recurso se torna muito fácil e prático de ser utilizado pelos usuários, independente do seu nível de familiaridade com o Excel.

A função do PROCV deve ser descrita com quatro informações, sendo elas:

  1. Valor_proc: o valor que se pretende procurar a partir da pesquisa;
  2. Matriz_tabela: o intervalo onde o valor se encontra, podendo ser uma tabela completa ou coluna específica;
  3. Num_índice_coluna: número da coluna do intervalo que contém o valor que quer encontrar;
  4. Procurar_intervalo: configura se a pesquisa deve apresentar resultados aproximados ou iguais ao valor apontado. No caso de permitir um intervalo, é preciso especificar VERDADEIRO ou 1, mas se a busca for correspondente a valores iguais ao procurado, especifique FALSO ou 0.

Se o usuário estiver utilizando a versão em inglês do recurso, deverá utilizar TRUE ou 1 e FALSE ou 0.

Assim, a função pode ser descrita como:

PROCV=(valor_proc;matriz_tabela;num_índice_coluna;procurar_intervalo)

ou

VLOOKUP=(valor_proc;matriz_tabela;num_índice_coluna;procurar_intervalo)

E vale ressaltar que a função pode ser utilizada com as seguintes versões da ferramenta: Excel 2007, 2010, 2013, 2016, 2019, Excel Starter 2010, Microsoft 365 e Excel Online, para Windows e Mac.


E a função PROCX?

PROCX (ou XLOOKUP em inglês) é a atualização da função PROCV, disponível para as versões do Excel do Microsoft 365, Excel Online e o aplicativo Excel para dispositivos móveis Android e iOS.

A atualização da fórmula aumenta o campo e as possibilidades de busca da função anterior, pois utiliza uma única matriz de busca e de retorno de resultados, enquanto a função PROCV utiliza uma matriz para cada recurso.

A função PROCX é descrita da seguinte maneira:

=PROCX(valor_proc; matriz_tabela; matriz_retorno; [se_não_for_encontrado]; [modo_corresp]; [modo_pesquisa])

Além das informações que já constavam no PROCV, na atualização podemos incluir mais quatro campos para tornar a busca ainda mais específica e bem sucedida. A primeira informação é o Matriz_retorno, ou seja, o intervalo da coluna onde a busca pelo valor deve ser realizada. Esta informação, assim como as anteriores, é de uso obrigatório na função PROCX.

Ao utilizar o Se_não_for_encontrado  na função, esta será a mensagem que você receberá caso a sua busca não encontre resultados correspondentes ao valor procurado.

O modo_corresp é semelhante ao procurar_intervalo do PROCV. Nele, o usuário poderá escolher se quer receber resultados iguais ou aproximados ao valor da sua busca. Aponte 0 para receber somente correspondências exatas da busca; -1 para receber resultados aproximados menores do que o valor procurado, caso ele não seja encontrado; e 1 para receber resultados aproximados maiores do que o valor procurado, caso este não seja encontrado.

Por último, o modo_pesquisa define a orientação que a pesquisa deve ser feita. Aponte 1 para uma pesquisa partir do primeiro item da coluna; -1 para uma pesquisa a partir do último item; 2 para uma pesquisa que classifica os resultados em ordem ascendente; e -2 para resultados classificados em ordem decrescente.

3000