Conheça 12 profissões para quem gosta de ajudar os outros

No momento de escolher a profissão que gostaríamos de seguir, muitas coisas devem ser consideradas. O nosso traço de personalidade é uma delas, afinal, trabalhar com algo que gostamos e nos identificamos é essencial e pode potencializar a nossa atuação profissional.

Pessoas que gostam de ajudar o próximo são dotadas de empatia e solidariedade. E existem muitas profissões em diferentes áreas do conhecimento, que não só vão proporcionar um retorno incrível para estas pessoas, mas que vão ser muito beneficiadas de ter profissionais com estas características.

Confira 12 profissões para quem gosta de ajudar os outros:

1. Professor(a)

Uma das primeiras profissões que pensamos quando o assunto é ajudar pessoas é a do professor. Responsável pelo processo de aprendizagem e formação dos seus alunos em diversos campos do conhecimento e do convívio social, o professor está presente em diversos momentos da nossa vida, desde a infância até a vida adulta.

2. Sociólogo(a)

Sociólogo é aquele profissional que estuda os fenômenos sociais e os seus desdobramentos contribuindo assim para discussões sobre assuntos pertinentes à sociedade contemporânea a partir da pesquisa científica e levantamento de dados. Seus estudos podem servir como base para a criação de políticas públicas que melhorem a vida da população.

3. Assistente Social

Assistentes sociais são aqueles profissionais responsáveis por viabilizar direitos e acesso à políticas sociais para a população. Dessa forma, seu trabalho é analisar, elaborar e executar projetos e programas de saúde, educação, habitação, assistência social, cultura e previdência social para garantir que a população tenha suas necessidades sociais atendidas.

4. Intérprete de Libras

Profissional bilíngue, o intérprete de Libras (a Língua Brasileira de Sinais) oferece acessibilidade de comunicação para pessoas surdas que possuam a Libras como língua materna, promovendo a inclusão social em espaços públicos e privados.

5. Jornalista

Responsável pela investigação, apuração e apresentação e distribuições de notícias através de um meio de comunicação. Seu objetivo é levar informações do cotidiano que possuam interesse coletivo, fazendo com que elas sejam acessíveis a diversos tipos de público. Dessa forma, o jornalismo é uma das profissões vitais da sociedade.

6. Psicólogo(a)

O psicólogo é um profissional que investiga e busca compreender comportamentos e funções mentais da psiquê humana. Atua não só na prevenção e tratamento de doenças mentais, mas na melhora da qualidade de vida e bem-estar dos seus pacientes.

7. Terapeuta Ocupacional

O terapeuta ocupacional é um profissional importantíssima na saúde coletiva. Através do seu trabalho, ele ajuda seus pacientes a realizar tarefas cotidianas e sociais, que apresentem algum tipo de dificuldade cognitivas, perceptivas, afetivas e psico-motoras. Assim, seu trabalho é dar mais autonomia para seus pacientes.

8. Musicoterapeuta

É a partir das música e dos seus elementos que musicoterapeuta desenvolve o trabalho de reabilitação mental, física e social dos seus pacientes. É uma das profissões mais recentes da nossa lista, sendo uma ciência reconhecida como terapia somente em 1972. O seu estudo é também um reconhecimento da importância da música para a saúde das pessoas.

9. Médico(a)

Uma das profissões mais tradicionais, a medicina é essencialmente uma profissão de cuidado. Focado na investigação, tratamento e prevenção de doenças em humanos, a medicina é um campo extremamente amplo e por isso possui diversas subáreas. Por isso, o estudante de um curso superior de medicina na sua residência médica, se especializa em alguma destas subáreas.

10. Enfermeiro(a) 

O cuidado das pessoas acometidas por doenças em um hospital não seria possível sem o trabalho dos enfermeiros. São estes profissionais que estão na linha de frente do atendimento e cuidado contínuo dos pacientes.

Assim como na medicina, a enfermagem também possui diversas subáreas em que os seus profissionais podem se especializar.

11. Cuidador(a) de Idosos

A profissão de cuidador de idosos é uma daquelas que estão ganhando cada vez mais importância à medida que a população idosa cresce no país. Um cuidador de idosos tem como objetivo garantir e zelar pelo bem estar do idoso, cuidando da sua saúde, alimentação, conforto e da sua autonomia para realizar suas tarefas cotidianas.

12. Fisioterapeuta

O fisioterapeuta é responsável pela investigação, diagnóstico e tratamento de distúrbios de movimento no corpo humano gerados a partir de alterações genéticas, traumas ou doenças adquiridas. Um fisioterapeuta busca através de terapias físicas restaurar ou preservar a qualidade de vida e autonomia dos seus pacientes.

3000