Resumo e o Abstract de TCC: por que são importantes e como escrevê-los

Na escrita de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ou qualquer outra forma de pesquisa acadêmica, o resumo e o abstract podem parecer as menores partes do todas as partes da pesquisa. No entanto, eles possuem grande importância para o trabalho que está sendo feito. Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre o papel do resumo e do abstract no TCC. Confira!

Qual a função do Resumo e do abstract em um TCC?

O resumo é o primeiro contato que o leitor tem com um trabalho acadêmico. Ao fazer o seu TCC, você certamente teve uma grande quantidade de livros, teses, dissertações e artigos acadêmicos sobre o seu tema para ler. Com uma carga tão grande de leitura, é preciso avaliar e selecionar quais leituras seriam mais interessantes para o trabalho que está sendo proposto e, assim, gastar seu tempo e energia em leituras dirigidas. É aí que entra o resumo.

Ele tem a função de situar o leitor sobre o que ele encontrará ao longo de todo o trabalho. Assim, ele poderá avaliar se deve se aprofundar na leitura do texto completo ou não. O resumo não só deve dar uma visão uma visão geral do tema abordado, mas também as referências que dão suporte para o estudo, a metodologia de pesquisa e os resultados obtidos. 

É bastante informação para um texto pequeno, mas ter um resumo bem escrito é fundamental para um trabalho bem feito. Afinal, quando fazemos um trabalho acadêmico queremos contribuir para as discussões acerca do tema em que estamos trabalhando e é através do resumo que posteriormente pesquisadores e interessados no assunto poderão ter um primeiro contato com o seu texto. 

Já o abstract é a versão traduzida do resumo para o Inglês. Em TCCs, esta é a língua padrão que é exigida dos alunos, mas em outros tipos de trabalhos acadêmicos, podem ser pedidos resumos em outras línguas estrangeiras além do inglês. E assim como o resumo em português, o abstract também serve como uma apresentação concisa da pesquisa, mas para falantes de língua estrangeira. O seu objetivo principal é a difusão internacional do trabalho que foi realizado, por isso mesmo a padronização do inglês na tradução do resumo. 

Como escrever o Resumo de TCC?

De acordo com as normas de Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), um resumo precisa ser conciso e explicativo. Organizado em um único parágrafo, os resumos para trabalhos acadêmicos devem conter entre 150 e 500 palavras. 

Por ser mais contido, o resumo deve ser escrito com frases curtas e claras e seguindo a mesma  organização utilizada no corpo do trabalho, ou seja:

  • Introdução: comece o seu resumo informando ao leitor o contexto em que o trabalho se insere, sinalizando o problema a ser estudado. 
  • Objetivo: neste ponto, seja clara e objetiva sobre qual o intuito ou a meta do estudo. 
  • Métodos: informe os procedimentos e métodos utilizados como base científica da sua investigação na pesquisa. 
  • Resultados: destaque os resultados obtidos que vão de encontro com os seus objetivos descritos anteriormente. 
  • Conclusão: fale um pouco sobre as conclusões mais importantes que podem ser retiradas do estudo e qual o impacto delas. 

Além disso, existem algumas formas que um resumo pode ser escrito. Os mais utilizados no meio acadêmico são: o Modelo Estruturado e o Modelo com Estrutura não Explícita. Conheça os dois:

Modelo Estruturado

Neste modelo há um destaque que direciona cada parte a ser abordada. Confira o exemplo abaixo:

Introdução – A abordagem sobre a humanização de serviços de saúde diz respeito à atuação baseada nos valores do homem, na sua capacidade de compreensão, simpatia e espírito de cooperação social. Consiste em considerar o paciente na sua integridade física, psíquica e social, e não somente de um ponto de vista biológico. Objetivo – Compreender o significado de humanização na instituição hospitalar de acordo com a visão dos administradores do local. Métodos – Pesquisa qualitativa, de caráter exploratório, com orientação analítico-descritiva, mediante entrevistas semi-estruturadas com questões em aberto, iniciada após prévia aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e consentimento esclarecido oral dos entrevistados. Os sujeitos são os administradores de um hospital da região metropolitana de São Paulo. A interpretação do material coletado seguiu os ensinamentos da “análise de conteúdo”. Resultados – Os entrevistados consideraram na conceituação de humanização hospitalar aspectos como a preservação à integridade do ser, a união/integração, a informação/comunicação e a arquitetura e decoração. Conclusão – As medidas sugeridas para a humanização do hospital relacionam-se à implantação de um programa de qualidade, definição e divulgação da missão e valorização do profissional, além dos quatro elementos já citados.

Modelo com Estrutura não Explícita

Já neste modelo, as marcações não são utilizadas para costurar o texto. Confira um exemplo:

Os movimentos sociais que surgiram a partir da década de 1970 imprimiram uma nova noção de cidadania através da participação popular para a ampliação de espaços públicos. Propõe-se a observar a possibilidade de reconhecimento de um espaço público de interlocução e deliberação, segundo um modelo de atenção pública não estatal, focalizando o caso da Organização Social de Saúde Hospital Geral do Grajaú. Trata-se de entidade instituída com base na proposta de parcerias entre Estado e sociedade civil, do governo federal, de reforma do aparelho de Estado, com características próprias no Estado de São Paulo – exclusividade para o Sistema Único de Saúde, serviço novo e controle da Secretaria Estadual de Saúde. Por meio de estudo da legislação pertinente e com uso de metodologia qualitativa, procedeu-se à observação participante e a entrevistas semi-estruturadas, com lideranças de movimentos sociais e de gerentes do Estado na região das sub-Prefeituras de Capela da Socorro e Parelheiros. O estudo recuperou a história de participação popular na região por recursos que possibilitassem condições de vida e saúde, caracterizando atores que se mantêm atuantes, e buscam o diálogo institucional no sistema de saúde e, em especial, na organização social. Constatou a carência de recursos para atender à demanda de saúde na região, para a qual a organização social vem dando respostas, e as dificuldades em estabelecer um sistema referenciado. Observou possibilidades de interlocução entre a população organizada e a organização social. Concluiu que parcerias reguladas se efetivam no cotidiano e que para tal, é necessário também, postura participativa, bem como, permeabilidade para relações democráticas.

Dicas para não errar no seu Resumo e Abstract de TCC

Mesmo pequeno, um resumo pode dar trabalho para o estudante que está finalizando o seu TCC. Separamos algumas dicas que vão te ajudar e evitar erros na hora de escrever o seu resumo e o abstract:

1. Termine o desenvolvimento e a conclusão primeiro! 

O seu orientador pode pedir para que você elabore uma versão preliminar do resumo, mas espere terminar de escrever o desenvolvimento e as conclusões do seu TCC antes de finalizar o seu resumo e o abstract. Afinal, nele devem constar informações importantes sobre a sua pesquisa e que só são obtidas na finalização da escrita. 

2. Utilize uma linguagem clara e objetiva

Esse ponto é importante para a escrita de todo o TCC, mas na elaboração do resumo ela chega a ser mais importante ainda. Uma linguagem clara e objetiva é essencial quando precisamos condensar páginas e páginas de informações em até 500 palavras. 

3. Revise o resumo em português antes de traduzir

Antes de pensar em qualquer tradução, é importante revisar e conferir todas as informações que foram colocadas no seu resumo. Considere se há coerência e coesão nas frases, se é possível entender bem o que está sendo exposto. Nesta etapa, vale pedir ajuda não só para o orientador, mas também para os amigos avaliarem o seu trabalho antes de iniciar a tradução.

4. Na hora de traduzir, não confie cegamente nos tradutores online

Os tradutores online são ferramentas bastante úteis quando precisamos tirar uma dúvida ou quando não entendemos algumas palavras em uma língua estrangeira. Embora tenham recebido bastante melhorias nos últimos anos, estas ferramentas online não substituem o trabalho de um tradutor profissional. Frases incoerentes e mal traduzidas podem afetar completamente o contexto do seu resumo e deixar o seu abstract incompreensível. 

5. Cuidado quando for traduzir termos técnicos!

Outra pegadinha de tradução está no uso de termos técnicos. A linguagem acadêmica tende a utilizar termos muito específicos de cada área. Por isso, antes de traduzir, busque o termo correspondente na língua inglesa em um dicionário específico da sua área ou em artigos internacionais sobre o tema. 

6. Se possível, recorra a um profissional 

Nem todo mundo pode pagar um tradutor profissional para escrever o seu abstract. Mas é um trabalho que faz bastante diferença quando comparado à tradutores online ou estudantes da língua. Isso porque um profissional conhece não só as nuances da língua mas também a melhor forma de construir um texto em inglês (sem se desviar do seu texto original, claro!).