Conheça as principais diferenças entre um chefe e um líder

Algumas pessoas não conseguem perceber a diferença entre chefe e líder e acabam confundindo as suas atitudes, ou seja, associam o ato de chefiar com o de liderar. Mas, saiba que há muita diferença entre um e outro.

Para você que está em uma posição de gestor de uma empresa ou que almeja alcançar essa vaga, é importante que você entenda as características de cada um. São elas que farão toda a diferença na sua postura perante os seus liderados e na busca pelos resultados. Aprenda em nosso texto, a diferença entre o trabalho de um líder e de um chefe.

Características de um líder

O líder possui grandes habilidades para desenvolver uma equipe e tem o poder de motivar as pessoas, direcionando os seus caminhos. É o responsável por orientar e liderar um grupo de pessoas.

Como alguém que inspira confiança, o líder possui liderados que não têm medo de acompanhá-lo. Com isso, ele ganha o respeito das pessoas com muita facilidade. Isso acontece, principalmente, porque ele ouve o que seus colaboradores têm a dizer sem fazer distinção.

Na busca por resultados, o líder é o responsável por comandar a equipe sem precisar usar de autoridade, mas trabalhando a motivação deles. Dessa forma, os funcionários se tornam mais produtivos e empenhados em suas tarefas para alcançar bons resultados para todos.

Um verdadeiro líder não possui subordinados, mas trabalha com uma equipe ou um time. Ele consegue extrair o melhor de cada um, valorizando as habilidades das pessoas. Mas, está sempre atento quando algum colaborador apresenta alguma dificuldade e se mostra disposto a ajudá-lo.

Características de um chefe

A característica que chama mais atenção em um chefe é o uso da autoridade para impor o seu trabalho. Ele não lidera uma equipe, mas comanda pessoas. Sua forma de trabalhar é centralizadora, ou seja, todas as decisões devem ser decididas por ele.

Seu foco é o lucro, sem se preocupar com os meios para chegar até ele. Por conta disso, seus subordinados não se sentem abertos a relatar problemas ou tentar sanar alguma dúvida. Ao invés de ganhar respeito, o chefe é temido pelos seus funcionários.

O chefe não é um incentivador e nem procura motivar as pessoas que trabalham com ele, pois acredita que é obrigação do funcionário realizar o seu trabalho diário, com excelência. Quando percebe algum erro, faz questão de apontá-lo.

Quem se declara como chefe não assume nenhuma responsabilidade. Na verdade, transfere as obrigações para os seus colaboradores. Quando consegue alcançar resultados, faz questão de afirmar que estava à frente do negócio, mas quando algo dá errado, é o primeiro a apontar o dedo para quem errou.

Diferenças entre líder e chefe

Chefe vs Líder

Existem grandes diferenças entre as características de um líder e de um chefe. Isso é perceptível em suas atitudes no dia a dia e na forma como se relaciona com as pessoas. Selecionamos algumas para você ficar atento:

  • O chefe ordena que faça, o líder orienta e motiva seus colaboradores;
  • O chefe é temido, o líder é respeitado;
  • O chefe só quer saber de funcionários altamente produtivos, o líder se preocupa em proporcionar o bem-estar para a sua equipe;
  • O chefe diz: “eu estou mandando”, o líder diz: “nós vamos fazer”;
  • O chefe causa medo nas pessoas, o líder deixa qualquer um entusiasmado;
  • O chefe exige o que quer, o líder solicita algo.
veja também:
Motivação no trabalho: dicas para se manter sempre motivado

1. Diferenças em relação à comunicação

Comunicação

Uma das principais diferenças entre um líder e chefe está na forma como eles se comunicam com seus colaboradores. O chefe é a pessoa que impõe o seu poder. Ele não pede, apenas manda fazer. A única condição do funcionário é ouvir e obedecer.

A atitude do líder é diferente. Antes de qualquer decisão, ele procura ouvir as opiniões de seus colaboradores e procura dar importância para eles, pois acredita que isso pode trazer benefícios para os processos e para a empresa na busca por resultados.

O chefe não pratica o feedback e nem se mostra disposto a dialogar com o funcionário. O líder está sempre de portas abertas para receber o colaborador que queira pedir um conselho ou trocar informações.

Para o líder, o feedback deve ser algo contínuo e não se importa em dar e nem de receber o feedback de seus liderados. Com essa oportunidade de falar e ser ouvido, o colaborador se mostra mais confiante em realizar as suas tarefas diárias, aumentando a sua produtividade e impulsionando os resultados.

2. Diferenças em relação à motivação

Motivação

Para o chefe, se a empresa não alcança resultados positivos, é porque alguém está fazendo algo errado. Por isso, a primeira atitude é a ameaça de demissão. Ele se utiliza do medo para impor mais produtividade aos funcionários.

No caso do líder, a sua atitude é procurar compreender o que está acontecendo. Se é algum erro do colaborador, ele procura sentar para avaliar a situação e, junto com o seu liderado, encontrar a melhor solução. A sua intenção é motivar seus colaboradores e incentivá-los a fazer o melhor.

3. Diferenças em relação ao aprendizado

O chefe é a figura que sempre sabe tudo e que não precisa aprender nada com seus funcionários. Por ter uma formação, ele se acha mais importante que os outros e a sua intenção é sempre que as pessoas aprendam com ele.

Já para o líder, ele sempre terá algo novo para aprender, independente da sua formação. Cada colaborador é especialista em algo e como o líder trabalha de forma generalista, geralmente não possui um conhecimento mais a fundo sobre uma determinada função.

Quando acontece alguma situação que não é do conhecimento do líder, ele se mostra disposto a aprender para entender a situação e ajudar a encontrar uma solução. Além disso, faz parte do seu trabalho compartilhar informações e realizar treinamentos com seus liderados.

4. Diferenças ao ouvir e dar feedback

O líder não só entende a importância de saber ouvir e dar feedback, como adota essa prática de forma contínua no ambiente de trabalho. Ele entende que não se trata apenas de apontar erros ou criticar o trabalho do colaborador.

O feedback contínuo é a oportunidade que o líder tem de valorizar o trabalho que está sendo desenvolvido pelos seus liderados. Para aqueles funcionários que estão tendo dificuldades para acompanhar o desempenho de seus colegas ou estão abaixo do esperado, esse é o momento do líder se mostrar disponível para ajudá-lo.

Além disso, é no feedback que o líder tem um retorno sobre a própria postura e o que pode melhorar para ter uma equipe mais coesa e motivada. No caso do chefe, não há essa postura, pois ele não permite que as pessoas falem ou critiquem o seu trabalho.

veja também:
Sucesso profissional: como atingir com 20 dicas essenciais

5. Diferenças no investimento das habilidades dos liderados

O líder não deixa o foco do seu trabalho se restringir ao bom ambiente de trabalho e metas batidas. Na verdade, ele entende que é necessário investir em desafios e no desenvolvimento individual de cada colaborador.

Por esse motivo é que o líder se preocupa em proporcionar um ambiente satisfatório para que cada funcionário possa trabalhar concentrado e tenha a oportunidade de desenvolver as suas habilidades.

O chefe não se dispõe a investir no talento de seus funcionários. O seu trabalho não foca em plano de carreira, não se cria novos projetos e não há oportunidade de aprendizado para todos.

6. Diferenças ao saber delegar tarefas

Um verdadeiro líder sabe que não pode ser o responsável por tudo. Para isso, ele entende a necessidade de delegar tarefas. Quando um chefe assume para si toda a responsabilidade e a autoria dos projetos, todo o seu trabalho é sobrecarregado.

Com isso, há grandes possibilidades do trabalho não sair da forma mais adequada e a equipe ser punida por isso. Aquele que lidera não somente dá autonomia aos demais, como se preocupa em dividir com eles a responsabilidade do crescimento e sucesso do setor.

O seu papel acaba sendo o de orientador, ou seja, ele apenas direciona a equipe para atingir o objetivo. Com autonomia, o colaborador tem a oportunidade de crescer e aprimorar o seu trabalho.

7. Diferenças ao compartilhar as conquistas

Nas conquistas, o chefe não deixa de comemorar, porém, apenas comunica a equipe sobre o ocorrido. Contudo, a atitude de um líder é completamente diferente. Ele faz questão de compartilhar a notícia com todos os colaboradores, além de aproveitar a oportunidade para agradecer o desempenho, esforço e proatividade de cada um.

Quem lidera faz questão de mostrar que a sintonia e a integração da equipe desempenham papel fundamental para atingir bons resultados. Dessa forma, ele cria um ambiente de trabalho em que todos podem participar e se sentem à vontade para desempenhar as suas tarefas.

8. Diferenças ao limitar e solucionar conflitos internos

Ao tomar conhecimento sobre os conflitos internos entre membros da equipe, o chefe não toma nenhuma atitude a respeito. Enquanto isso, o líder age ativamente para entender a situação e resolvê-la. Uma de suas atitudes é propor reuniões com abertura de diálogo, onde todos devem ser ouvidos para entrarem em consenso.

O objetivo do líder, nesse momento, é não deixar que a situação venha impactar negativamente o clima organizacional e, principalmente, a produtividade dos liderados. Para isso, ele investe em momentos mais agradáveis, facilitando o diálogo entre todos.

Você percebeu a diferença entre chefe e líder? Decidiu como gostaria de ser visto pelos seus liderados? Qual a sua escolha: um chefe ou um líder?