Patentes do Exército: saiba mais sobre os cargos, evolução e salários

As Patentes do Exército são importantes para entender o funcionamento da hierarquia militar. Se você tem a pretensão de seguir a carreira militar, saiba que o Exército possui algumas classificações e várias divisões para passar de uma patente para outra.

Portanto, acompanhe nosso artigo e conheça as patentes do Exército, quais são os salários estipulados para cada categoria e como evoluir na carreira. Confira!

O que são Patentes do Exército?

As Forças Armadas se organizam obedecendo a uma determinada hierarquia militar que é chamada de Patentes do Exército. Os militares são divididos em oficiais ― classificados por postos ― e praças ― classificados por graduações.

Estas mesmas categorias, portanto, se dividem em outras obedecendo a um nível de responsabilidade e qualificação profissional, sendo que cada grau hierárquico corresponde a uma insígnia representada por alguma especialidade.

O Exército atualmente conta, em média, com 235 mil soldados. O trabalho dos militares é proteger as fronteiras do território nacional e dar assistência às vítimas de desastres nacionais, enquanto o país estiver no período de paz.

Quais são os cargos e salários do Exército?

a carreira de soldado

O Exército é dividido em Patentes que recebem algumas classificações, onde deve ser estipulado o salário para cada uma delas. Os oficiais generais são os que recebem os salários mais altos, chegando até R$ 13.294,00, e os soldados recebem a menor remuneração, com salários iniciais de R$ 1.758,00.

Confira em nossa relação quais são as Patentes do Exército e seus respectivos salários que foram reajustados em 1º de janeiro de 2018:

Oficiais generais

Os oficiais generais pertencem ao posto de maior responsabilidade referente à hierarquia militar. Eles têm a função de dar ordens dentro do quartel, relatar os pontos positivos e negativos ao Oficial Comandante e apresentar propostas de projetos.

Dentro do Exército, portanto, eles são divididos conforme as patentes abaixo:

  • Marechal: R$ 13.294,00
  • General do Exército: R$ 12.763,00
  • General de Divisão: R$ 12.233,00
  • General de Brigada: R$ 11.833,00

Oficiais superiores

A responsabilidade dos Oficiais Superiores é supervisionar os Oficiais Intermediários e relatar as mudanças positivas ou negativas para o Oficial general.

Dentro do Exército eles são divididos conforme as patentes abaixo:

  • Coronel: R$ 10.832,00
  • Tenente-Coronel: R$ 10.642,00
  • Major: R$ 10.472,00

Oficiais intermediários

Os Oficiais Intermediários têm como dever supervisionar e aplicar diversos treinamentos aos praças que são os soldados, cabos, 3º sargento, 2º sargento, 1º sargento e subtenente e Oficiais Subalternos.

Dentro do Exército eles são divididos conforme as patentes abaixo:

  • Capitão: R$ 8.517,00

Oficiais subalternos

soldado em ação

A responsabilidade dos Oficiais Subalternos é comandar os quartéis ou companhias, esquadrões, entre outros departamentos. Esses militares são considerados subalternos por estarem sob o comando de um capitão ou tenente.

veja também:
Conheça as principais profissões em alta em 2018

Dentro do Exército eles são divididos conforme as patentes abaixo:

  • 1º Tenente: R$ 7.796,00
  • 2º Tenente: R$ 7.802,00
  • Aspirante a Oficial: R$ 6.625,00

Graduados

Os menores postos dentro das Forças Armadas fazem parte dos Graduados, sendo o início de carreira de muitos que almejam entrar no Exército.

Dentro do Exército eles são divididos conforme as patentes abaixo:

  • Subtenente: R$ 5.751,00
  • 1º Sargento: R$ 5.110,00
  • 2º Sargento: R$ 4.445,00
  • 3º Sargento: R$ 3.584,00
  • Taifeiro- Mor: R$ 2.449,00
  • Cabo: R$ 886,00
  • Taifeiro de 1º Classe: R$ 2.203,00
  • Taifeiro de 2º Classe: R$ 2.094,00
  • Soldado 1º Classe: R$ 1.758,00

Como evoluir na carreira de soldado a sargento?

soldados

O plano de carreira dentro do Exército ocorre de acordo com o desempenho e tempo de trabalho. E a função pode ser exercida tanto por homens quanto por mulheres, que ingressam na carreira de acordo com o seu nível de escolaridade.

O início da carreira de um militar é como soldado, após convocação para o serviço militar obrigatório que acontece quando o homem completa 18 anos. Porém, é possível prestar alguns concursos e ingressar diretamente como oficial.

Dentro do Exército, o soldado passa por um período de avaliação e pode se submeter ao teste de introdução à infantaria. Se for aprovado, ele assume o posto de soldado de classe especial, sendo apto a prestar o primeiro atendimento.

Quando realizar o primeiro atendimento supervisionado, o soldado deve passar por um novo teste chamado infantaria complementar. Depois de aprovado, ele será promovido a cabo. Dessa forma, ele poderá escolher atuar entre os diversos departamentos do exército brasileiro.

Entretanto, somente após receber a primeira estrela é que o cabo é efetivado no departamento escolhido. E para chegar até a patente de sargento é preciso continuar o aprendizado.

A patente de sargento é dividida em três categorias, sendo que os terceiros sargentos é que dão início à parte intermediária do aprendizado no departamento. Eles aprendem como oferecer treinamento básico para os recrutas.

Já os segundos sargentos participam da parte final do aprendizado e começam a ministrar os treinamentos. Contudo, somente quando chegar ao patamar de primeiro sargento é que realmente poderá se tornar um instrutor. Nesse momento, o primeiro sargento começa a introdução à infantaria, mas na condição de aprendiz de instrução.

Como evoluir na carreira como Oficial do Exército?

Os oficiais iniciam sua carreira com a patente de subtenente. Seu trabalho é ministrar treinamentos básicos, introdução à infantaria e iniciar o aprendizado em técnicas de administração de um quartel. Logo em seguida, torna-se um cadete e passa por um período de treinamento intenso.

veja também:
O que faz um consultor de vendas: as atribuições desta profissão

Dessa forma, ele passa a ser um aspirante a oficial que ministra treinamentos complementares, passando a desfrutar dos privilégios da patente. Mas, continua estudando para ministrar aulas mais complexas para recrutas, soldados, cabos e sargentos.

A partir do momento em que assume como segundo tenente do Exército pode participar dos treinamentos de todos os departamentos. Como primeiro tenente, começa a se responsabilizar por todas as tarefas dos departamentos e pode editar os sites oficiais do Exército brasileiro. Mas sempre supervisionado por oficiais superiores.

Posteriormente, o militar é elevado à patente de capitão e pode trabalhar sem supervisão, tornando-se instrutor de departamento. Além de ter a responsabilidade de selecionar os melhores valores entre os subalternos.

Quando chegar ao patamar de oficiais superiores, os militares recebem as patentes de major, tenente-coronel e coronel, e passam a ser os administradores formais das unidades do Exército.

Nesta etapa, o militar começa a lidar com diversos departamentos, como infantaria, artilharia, cavalaria, material bélico, informática, entre outros. E precisa garantir o bom andamento das atividades, integrando-as e corrigindo eventuais incorreções.

Como é o topo da carreira do Exército?

soldados em ação

Ao chegar ao topo da carreira, os militares tornam-se oficiais generais e são divididos conforme a informação abaixo:

  • General de Brigada ― duas estrelas;
  • General de Divisão ― três estrelas;
  • General de Exército ― quatro estrelas;
  • Marechal – cargo só ocupado em empós de guerra.

A brigada é uma unidade menor dentro do Exército, sendo que um General de Exército responde por toda uma região militar.

A constituição de 1824 denominou o chefe de Estado como comandante supremo das Forças Armadas, sendo considerado atualmente como um título honorífico. Para substituir as pastas da Aeronáutica, Exército e Marinha foi criado o Ministério da Defesa onde está submetido o Exército.

Então, se você estava com dúvidas sobre as Patentes do Exército para seguir carreira militar, esperamos que estas informações tenham ficado mais claras nesse momento. Dessa forma, você iniciará na profissão entendendo qual o plano de carreira a ser seguido e quais os salários estipulados para cada categoria.