Desmotivação no trabalho: conheça as causas e saiba como lidar

A desmotivação no trabalho é algo que as empresas precisam combater, já que afeta a produtividade e o desempenho dos seus colaboradores e compromete o resultado dos negócios.

A melhor forma para combater a desmotivação é entender os motivos que o levaram a isso e procurar caminhos que lhe tragam satisfação. Para isso, é importante identificar quais as características que o definem como um profissional desmotivado e como você poderá lidar com isso. Acompanhe em nosso texto!

Quais as características e causas de um profissional desmotivado?

Desmotivação no trabalho

Vários motivos podem provocar a desmotivação de um profissional em seu ambiente de trabalho. Elas podem estar visíveis na forma como você trabalha, age ou se comunica. Confira algumas características que identificam um funcionário desmotivado.

1. Sente que o seu trabalho está estagnado na empresa

Dependendo do tipo de trabalho, a rotina pode se tornar algo cansativo. Muitas vezes, você percebe que a sua carreira parou no tempo. Com isso, você sente a necessidade de aprender algo novo que vá além daquilo que você faz todos os dias.

Nesse momento, é difícil você não se perguntar quais são as suas verdadeiras chances de crescimento dentro da empresa. Se esses questionamentos se tornam frequentes e você não consegue encontrar respostas para eles, é sinal de que algo está seguindo por um caminho errado, já que você não terá motivação para realizar as suas tarefas.

Chegar à conclusão de que o seu trabalho está tomando rumos diferentes daquilo que é a proposta da empresa, faz com que você perca o interesse em continuar fazendo parte dessa organização, uma vez que você não se enxerga mais dentro dos planos da companhia e nem vislumbra crescimento profissional.

2. Tem facilidade de sofrer influências externas dos seus colegas de trabalho

A competitividade dentro de uma equipe pode ser algo saudável quando o assunto é bem desenvolvido e o grupo é maduro para lidar com as situações. Mas, se há algum resquício de desavenças ou falta de respeito, estes podem se tornar fatores desmotivadores para todos.

Tudo o que possa envolver o emocional do colaborador, pode deixá-lo desmotivado. Além disso, mexe com o clima organizacional, deixando-o bastante desagradável. Quando um funcionário se sente desmotivado, há grande probabilidade que os demais colaboradores se sintam da mesma forma.

Essas atitudes podem prejudicar uma equipe inteira, já que a maioria está com baixa autoestima e não terão iniciativas. Você dificilmente não será influenciado por esse clima, já que está inserido no grupo e isso pode prejudicar consideravelmente o seu desempenho.

3. Sente que seu trabalho não é valorizado na empresa

Quando você não recebe feedback por parte de seu gestor ou liderança, o sentimento que fica é que seu trabalho não está sendo valorizado pela companhia, já que você não sabe se o projeto que desenvolveu ou a atividade que tomou todo o seu tempo estão dentro do que a empresa está solicitando e se tem gerado bons resultados.

veja também:
15 filmes motivacionais que sua equipe precisa assistir

Já está mais que comprovado que o feedback contínuo proporciona bons resultados tanto para o colaborador quanto para a empresa, uma vez que o funcionário se sente mais valorizado ao ser ouvido.

Além disso, é importante que ele entenda os pontos em que precisa melhorar e que o seu gestor está ali para ajudá-lo. Se o colaborador não percebe que tem um ponto de apoio, ele entenderá que o seu trabalho não está servindo para a empresa.

4. Acredita que as outras empresas têm trabalhos e salários melhores

Ao perceber que o seu trabalho não está sendo valorizado, o colaborador fica desmotivado e passar a fazer comparações com outras empresas. Isso desperta a curiosidade de buscar novas oportunidades no mercado.

Você começa a enxergar que outras empresas podem oferecer-lhe melhores salários e condições de trabalho. Ao invés de batalhar por uma promoção, você tenta encontrar um caminho mais fácil de se livrar daquilo que é motivo de desmotivação para você, sem entender que isso pode ocorrer em qualquer outra organização, ou seja, o problema pode não estar na empresa, mas em você.

Como lidar com a desmotivação no trabalho?

Profissional desmotivado

O maior erro de alguém é esperar que a motivação seja de iniciativa de outras pessoas, já que todos podem passar por momentos de dúvidas e descontentamento dentro do trabalho. Para lidar com isso, é necessário agir e mudar algumas atitudes. Veja o que você pode fazer!

1. Pare de se culpar

Geralmente procuramos nos culpar quando algo não está dando certo ou mesmo quando não produzimos aquilo que somos capazes, sem entender que isso só faz prejudicar mais ainda.

Se algo dê errado e a culpa for sua, apenas assuma a responsabilidade  e trabalhe para não acontecer novamente. Não adianta ficar se lamentando, isso só lhe deixará desmotivado. O momento é de reflexão e ação.

2. Pense no futuro

Quando você estiver desmotivado no trabalho, tente pensar em suas metas e objetivos. Caso não os tenha, trate de traçá-los. Sabendo onde você precisa chegar, deve mantê-lo entusiasmado para enfrentar desafios.

Lembre-se sempre de suas conquistas para motivá-lo a correr atrás do seu sucesso profissional. Não há nada mais motivador do que os nossos sonhos, ainda mais quando você trabalha para transformá-los em realidade.

3. Fortaleça a sua resiliência

A resiliência é uma habilidade que muitos querem, mas poucos possuem. Superar as adversidades, principalmente aquelas relacionadas ao trabalho, não é uma tarefa fácil. Se você possui a habilidade da resiliência, procure fortalecê-la.

veja também:
Entrevista em inglês: como se preparar e perguntas e respostas prontas

Se você não é uma pessoa resiliente, procure desenvolver essa habilidade, já que ela ajuda você a encarar melhor os desafios. Faça dos obstáculos, oportunidades para alcançar o seu objetivo. Encare a vida com positividade e otimismo.

4. Pratique a empatia

Procure não julgar as atitudes das pessoas e aproveite a oportunidade para se colocar no lugar do outro. Dessa forma, você entenderá melhor as necessidades das pessoas ao seu redor e como você pode ajudá-las.

Se permita ouvir o que as outras pessoas têm a dizer. Para você pode ser que não tenha tanta importância, mas para o outro, aquilo deve ser algo que faz com que ele se sinta motivado a trabalhar. A partir do momento em que você começa a praticar a empatia, perceberá os benefícios que ela proporciona.

5. Cuide de sua vida pessoal

Algumas pessoas que estão com dificuldades no trabalho, geralmente, estão enfrentando problemas em sua vida pessoal. O ideal é saber separar, mas nem sempre é possível. Portanto, tente sanar seus problemas pessoais para ajudá-lo a buscar motivação no trabalho.

Verifique o que está lhe prejudicando. Poder ser a sua saúde, seus relacionamentos, sua vida financeira. Procure separar um tempo para estar com a família, praticar seu hobby favorito, viajar e encontrar momentos para relaxar. Dessa forma, você voltará mais motivado para realizar o seu trabalho.

6. Invista em sua carreira

Para crescer dentro de uma empresa ou mesmo conquistar novas oportunidades, é importante investir na sua carreira. Se ainda não fez, procure uma pós-graduação em sua área para adquirir mais conhecimentos.

Além disso, procure aprender uma língua estrangeira, ainda mais se você trabalha em uma multinacional. Leia bastantes livros da área, interaja com pessoas que conhecem sobre o assunto, tire dúvidas e mostre para a empresa que você domina a situação.

O mais importante nesse momento é perceber quais são os motivos que estão provocando a sua desmotivação no trabalho e aproveitar para eliminá-los. Somente dessa forma você encontrará motivação para superar seus limites.